Siga oGol no Twitter
        1xBet
        Jogos marcantes

        Gol de Friedenreich e festa nas Laranjeiras: o primeiro título da seleção brasileira

        Texto por Carlos Ramos
        l0
        E0

        Na década de 1910, o Brasil ainda estava longe de ser uma potência no futebol. Por outro lado, via Argentina e Uruguai dominarem o futebol sul-americano. Mas, em 1919, a seleção brasileira iria sediar o Campeonato Sul-Americano, que mais tarde se tornaria Copa América. E o Brasil, em casa, foi bem. 

        A primeira casa da seleção brasileira, por sinal, foi as Laranjeiras, ou estádio Manoel Schwartz. O campo do Fluminense, em uma área nobre do Rio de Janeiro, do lado do Palácio Guanabara, foi reformado e devidamente ampliado para receber um evento tão grande para a época. Pela primeira vez, seríamos sede de algo importante no futebol. 

        E, como dito, o Brasil foi bem. Conseguiu arrancar empate em 2 a 2 com os uruguaios e vencer a Argentina, por 3 a 1. Só que, no final das contas, a seleção brasileira acabou empatada em pontos com o Uruguai. Foi necessário, então, um jogo desempate. 

        E foi dos embates mais difíceis da seleção brasileira esse tal jogo contra o Uruguai. Ocorreu em 29 de maio 1919, portanto um encontro já centenário. O Manoel Schwartz estava cheio, mas o duelo foi duro. Nada passava pelas defesas. 

        Tanto que o jogo teve de ir para a prorrogação. E nada foi resolvido na primeira prorrogação. Nem na segunda. Nem na terceira... Na época, eram jogados 15 minutos de prorrogação para as coisas serem definidas. Se assim não fosse, eram mais 15. E mais 15. Com mais 15. Até que se tenha um vencedor. 

        Nas Laranjeiras, foram 150 minutos de futebol. Os jogadores já estavam fartos, quase caindo em campo. Até que o primeiro ídolo da história do futebol brasileiro conseguiu resolver o confronto. Arthur Friedenreich, filho de uma ex-escrava com um imigrante europeu, representando melhor do que ninguém a história dos primórdios do futebol no Brasil, venceu o goleiro Cayetano Saporiti.

        O Brasil era, enfim, campeão sul-americano. Foi a primeira de muitas vezes. Os jogadores foram carregados nos braços dos torcedores na Pinheiro Machado. O dia 29 de maio é histórico para o futebol brasileiro. Tudo começou nas Laranjeiras, e com Arthur Friedenreich. 

        Comentários (1)
        Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
        motivo:
        Um país que nunca é racista!
        2019-05-29 16h30m por wallaf
        "Arthur Friedenreich, filho de uma ex-escrava com um imigrante europeu, representando melhor do que ninguém a história dos primórdios do futebol no Brasil", e da própria nação. 80% da população brasileira é de mestiços. Tanto que nunca tivemos uma partido racista, ou escritor, ou livro, ou sequer panfletos.
        jogos históricos
        U Quinta, 29 Maio 1919 - 00:00
        Manoel Schwartz (Laranjeiras)
        Juan Pedro Barbera
        1-0
        Arthur Friedenreich 137'
        Estádio
        Manoel Schwartz (Laranjeiras)
        Lotação8000
        Medidas105x70
        Ano de Inauguração1919