Siga oGol no Twitter
história
Tragédias

A tragédia de Munique

Texto por Carlos Ramos
l0
E0
No dia 05 de fevereiro de 1958, o Manchester United eliminava o Estrela Vermelha da Liga dos Campeões com um empate em 3 a 3 em Belgrado. No dia seguinte, a volta para casa terminou em desastre, na chamada "Tragédia de Munique". 

O voo 609 da British European Airways acabou caindo nos arredores de Munique, após dificuldades na decolagem em dia de muita neve na cidade. A aeronave havia parado para reabastecer no aeroporto de Riem, mas as difíceis condições climáticas a fizeram cair na terceira tentativa de decolagem. 

No acidente, morreram 23 pessoas, entre jogadores, jornalistas, membros da comissão técnica e demais passageiros. Entre os atletas, faleceram  Roger Byrne, Eddie Colman, Duncan Edwards, Mark Jones, David Pegg, Tommy Taylor, Billy Whelan e George Bent.

Três meses depois, o United voltou a campo para a semifinal da Liga dos Campeões. Com alguns sobreviventes em campo, venceu o Milan, por 2 a 1, mas acabou eliminado no jogo de volta, em Milão. 

Entre os sobreviventes estava Bobby Charlton, que se tornou um dos maiores jogadores da história do futebol inglês. O ex-jogador lembrou, anos depois, os efeitos do desastre. 

"Alguns se perguntavam se o United ainda existiria após a tragédia de Munique. Eu não tenho nenhuma maneira de pensar sobre as coisas em perspectiva. Eu só sei que me causou a morte de meus colegas, agora eu entendo que eles eram crianças. Isso me marcou para sempre". 

Comentários (0)
Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
Links Relacionados