Siga o instagram do oGol
        bet365
        Virada espetacular para subir

        Juventude supera expulsão, vira contra o Ceará e retorna para a Série A

        2023/11/25 19:10
        E0

        Em duelo cheio de reviravoltas e emoção, o Juventude garantiu seu retorno para a Série A um ano depois da queda. O time gaúcho dependia apenas de si para subir, mas saiu atrás no placar. Ficou com um jogador a menos no segundo tempo e mesmo assim conseguiu reagir para marcar duas vezes e vencer o Ceará por 3 a 1, fora de casa. Erick Farias, Jadson e Ruan fizeram os gols do acesso. 

        Com a vitória, o Juventude termina a Série B na segunda posição, com 65 pontos conquistados. O Novorizontino, quinto colocado, ficou com dois pontos a menos, assim como Mirassol (6°) e Sport (7°). Já o Ceará fez temporada decepcionante e fica apenas com o 11° lugar, com 50 pontos. 

        Intensidade e acesso em risco

        O Juventude tentava garantir logo sua vaga na Série A e foi para cima desde cedo. Aos 3, colocou a bola na rede após boa jogada dentro da área, chute forte de Matheus Vargas e gol de Erick Farias no rebote. No entanto, o lance foi anulado por impedimento, confirmado minutos depois pelo VAR. O time gaúcho encontrou espaços com certa facilidade, mas acumulou erros no último passe. Já o Ceará assustou aos 11, em desvio de Luiz Otávio na área, para defesa do goleiro Thiago Couto. 

        Só que o Ceará não estava em campo a passeio e fez um jogo duro, talvez até demais, com entradas mais duras, o que deixou o duelo bastante truncado e paralisado. A emoção veio aos 17, quando Léo Santos foi até a linha de fundo, mandou para o meio e após erro de Alan Ruschel, Janderson completou para a rede. Placar aberto. O Juventude tentou reagir imediatamente, mas só mostrou nervosismo. 

        O interesse do Ceará na partida ficou ainda mais evidente com o cartão amarelo sofrido pelo goleiro André Luiz por atrasar o reinício do jogo. O placar quase foi ampliado aos 27, quando a zaga do Juventude vacilou, Janderson recebeu completamente livre na área, mas perdeu cara a cara com Thiago Couto, que saiu bem. Aos 30, após cruzamento da esquerda, Janderson chegou livre mais uma vez, mas se atrapalhou na hora de finalizar. 

        Após minutos muito ruins, o Juventude conseguiu trocar passes e encontrar espaços. Aos 36, Dani Bolt foi lançado livre na direita, mandou para a pequena área e Gabriel Taliari parou em defesa incrível do goleiro. O duelo esteve completamente intenso e o empate saiu aos 42, quando Matheus Vargas arriscou de longe, André Luiz falhou soltando a bola e Erick Farias só mandou para o gol vazio. O time gaúcho ainda teve boas possibilidades no contra-ataque, mas não aproveitou.  

        Acesso cheio de reviravoltas

        O Juventude pareceu ter se acertado no intervalo, já que voltou para o segundo tempo com maior tranquilidade na troca de passes e dominando a partida. No entanto, faltou maior criatividade para envolver o Ceará. Inclusive o Vozão, que já apostava no contra-ataque, teve uma grande chance de ficar na frente do placar quando após cobrança de falta, a bola ficou viva na área e David Ricardo teve espaço para dominar e finalizar, tirando tinta da trave. 

        O duelo ficou polêmico quando após carrinho, Saulo Mineiro, do Ceará, foi expulso por dar um tapa no rosto de Luiz Gustavo. Só que o árbitro foi chamado pelo VAR para revisar o lance e inverteu tudo. Ele deu apenas amarelo para o atacante do Ceará e deu outro para o zagueiro do Juventude, que também deixou o braço. Como ele tinha cartão, o time gaúcho que ficou com um jogador a menos. Loucura. 

        As equipes passaram por mudanças e enquanto o Juventude se reorganizou, o Ceará teve substituições ofensivas. O Vozão não conseguiu logo se impor com um jogador a mais e só foi assustar aos 25, quando Erick Pulga buscou o ângulo em chute de fora da área e quase acertou. A situação parecia desesperadora para o Juventude quando Erick Pulga caiu após disputa com Alan Ruschel e o juiz marcou pênalti. Mas depois de muitos minutos, ele foi ao VAR e anulou a marcação.

        Ali o Juventude voltou a sonhar e aos 34, mesmo com um jogador a menos, Jadson recebeu pela direita com campo aberto, arrancou, tinha opção de passe, mas soltou uma bomba seca, no cantinho e marcou o segundo gol. A comemoração foi insana. Aos 39, em novo contra-ataque, Mandaca recebeu na área, segurou e rolou na segunda trave, onde Ruan tocou na saída do goleiro e marcou o terceiro. Uma virada sensacional. 

        O Ceará foi completamente ataque na reta final. Aos 44, Erick Pulga mais uma vez arrancou bem, abriu espaço e mandou um chutaço cruzado, por pouco não marcou um bonito gol. Foram 13 minutos de acréscimos para desespero gaúcho. Só que a pressão cearense foi completamente improdutiva e o apito final coroou uma grande reação e acesso do Juventude, novamente na primeira divisão. 

        Enquete
        RESULTADO DA VOTAÇÃO
        CEARÁ
        EMPATE
        JUVENTUDE
        Comentários (0)
        Quer comentar? Basta registrar-se!
        motivo:
        EAinda não foram registrados comentários…
        jogos históricos
        U Sábado, 25 Novembro 2023 - 17:00
        Presidente Vargas (PV)
        Caio Max Augusto Vieira
        1-3
        Janderson 17'
        Erick Farias 42'
        Jádson 79'
        Ruan 84'
        Links Relacionados

        Futebol Internacional
        Entrevista Ogol
        Atacante é destaque no Gil Vicente
        Segundo brasileiro com mais assistências no Campeonato Português, Murilo Souza vive um grande momento na carreira. Com um acesso no currículo para La Liga e dois títulos no ...

        ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

        LukyMax_Santiago 26-02-2024, 13:10
        ScPKoHx 25-02-2024, 22:30
        fragajr 25-02-2024, 21:55
        AAARubra 25-02-2024, 19:38
        ScPKoHx 25-02-2024, 18:59
        LukyMax_Santiago 25-02-2024, 14:22