Siga oGol no Twitter
bet365
Recordes no feminino

Futebol feminino cresce na Europa e bate recorde de público em jogos

2023/04/18 13:37
E1

Os dois últimos anos foram importantes para o futebol feminino, sobretudo para se consolidar com a torcida na Europa. Diferentes partidas quebraram recorde de público, e a tendência é que isso continue acontecendo por lá. Recentemente, por exemplo, o amistoso entre Inglaterra e Brasil, disputado no Wembley, levou mais de 80 mil pessoas para as arquibancadas do estádio. Um número surpreendente, porém que deve se repetir em mais partidas pelos gramados europeus.

Essa partida valeu o título da Finalíssima, torneio amistoso disputado entre os campeões da Eurocopa e da Copa América. O Brasil acabou ficando com o vice-campeonato, após perder a disputa por pênaltis contra a Inglaterra. Porém, o que chamou mais atenção foi o grande público, como mostra o artigo do blog Betway Insider. Foram 83.132 pessoas acompanhando o jogo, quebrando vários recordes e se consolidando como o quinto maior de todos os tempos no futebol feminino.

Assim, mesmo com a derrota brasileira, foi possível comemorar o sucesso da partida única que reuniu ingleses e brasileiros no Wembley, tradicional estádio de Londres. O mais interessante é que esse sucesso não foi pontual, pois o público para ver as mulheres em campo só aumentou nos últimos dois anos. Na final da Euro de 2022, vencida justamente pela Inglaterra, teve um público de quase 88 mil pessoas. Foi um sucesso absoluto que mostrou o potencial da modalidade.

O recorde máximo, no entanto, é do futebol espanhol. Em março do ano passado, o Barcelona recebeu o Real Madrid no Camp Nou, e mais de 90 mil torcedores acompanharam a vitória dos donos da casa. Um jogo em que o resultado foi o menos importante, pois a presença das pessoas no estádio fez história no futebol feminino. É a consolidação de um esporte que luta por uma melhor estrutura, até mesmo na Europa.

Diferenças entre a Europa e o Brasil

Enquanto o futebol feminino cresce sem parar na Europa, sobretudo com investimento das equipes, no Brasil a situação é diferente. Por exemplo, o artigo feito pela equipe da Betway, plataforma de esporte bets, mostra que a Champions League não para de crescer entre as mulheres. O jogo entre Arsenal e Bayern de Munique, válido pelas quartas de final, conseguiu um público de 20 mil torcedores. Foi um novo recorde da competição.

Por aqui, algumas partidas até superam esse número, como foi o caso de Corinthians e Internacional, que teve um público na casa dos 40 mil pessoas. Porém, a média é baixa e apenas partidas decisivas conseguem isso. O motivo principal é o desinteresse e a falta de investimento das equipes, afastando os torcedores. São poucos os clubes que possuem uma estrutura para atrair boas jogadas e, principalmente, disputar os principais títulos nacionais e internacionais. 

É o caso do Corinthians, uma das principais equipes femininas do futebol nacional. O motivo principal é a possibilidade que as jogadoras têm de usar o Centro de Treinamento e o estádio do clube. Isso pode até parecer básico, mas o Timão é o único que oferece isso. Isso mostra a necessidade de mudanças no futebol nacional, e também a diferença para o que acontece nos gramados europeus.

Ano de Copa do Mundo

Os próximos meses devem ser ainda mais especiais para o futebol feminino. Com a modalidade em alta, sobretudo na Europa, a Copa do Mundo promete bater recorde de audiência. A competição acontece na Austrália e na Nova Zelândia, reunindo as melhores seleções do mundo. Os portais de palpites de futebol apontam para disputas equilibradas, com algum favoritismo para os Estados Unidos. O Brasil também está na briga, mas como possível surpresa no torneio.

As partidas começam no dia 20 de junho, e a final do Mundial está marcada para 20 de agosto. Resta aos torcedores brasileiros sonharem com o título inédito. Enquanto isso, a expectativa maior é para o recorde de audiência, seja na arquibancada ou na transmissão. Será a prova de que o futebol feminino está em alta no momento.

Ainda é preciso muita evolução, mas na Europa o público mostra que as mulheres estão ganhando os gramados. Uma boa notícia para quem espera que o mesmo aconteça no Brasil, sobretudo pelo potencial de títulos.

Comentários

Quer comentar? Basta registrar-se!
motivo:
Feminino
2023-04-20 01h26m por Creed93
O confronto entre Barcelona e Roma foi o que mais levou público na UCL Feminina, foram mais de 39 mil torcedores no Stadio Olimpico e mais de 59 mil no jogo de volta no Camp Nou!

Série B
Entre os líderes
Um duelo de opostos marcou a noite desta segunda-feira na Série B do Brasileiro. Direto do Brinco de Ouro, em Campinas, o Guarani, que só venceu uma partida na ...

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ScPKoHx 20-05-2024, 14:26
IV
ivesdasilvapires 20-05-2024, 11:38
IV
ivesdasilvapires 20-05-2024, 10:31
grandejogadoor 20-05-2024, 10:00
grandejogadoor 20-05-2024, 09:54
raonymarins 19-05-2024, 20:48