Siga o canal do youtube do ogol.com.br
Esquadrão chegou há 18 jogos de invencibilidade

De virada, Bahia atropela o Cruzeiro e volta à vice-liderança

2024/06/23 18:20
E0

Não teve São João que impedisse o torcedor do Tricolor de marcar presença na Arena Fonte Nova, em Salvador. Mais de 35 mil pessoas testemunharam o triunfo de virada do Bahia, por 4x1, para cima do Cruzeiro. Gabriel Veron abriu o placar para a Raposa, que assustou Thaciano, Estupinãn (2x) e Biel fazerem a festa para o Esquadrão pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Com o resultado, o Bahia chega a 18 jogos de invencibilidade como mandante e voltou a assumir, provisoriamente, a vice-liderança do Brasileirão, somando 21 pontos. O Cruzeiro, por outro lado, segue em sétimo, com 17. 
 

Tudo igual

O início da partida começou com o conforto do Bahia, que jogando dentro de casa, apresentava mais ofensividade. A primeira jogada do time aconteceu com Cauly, aos dois minutos de jogo. Ele tentou achar o lateral Gilberto, mas foi cortado pela zaga. Em seguida, Thaciano entrou na área e finalizou fechado. A bola voltou aos pés de Everaldo, que foi parado pelo goleiro Anderson. Depois, o auxiliar assinou impedimento no início do lance. 

O Bahia seguiu ditando o ritmo do jogo até os dez minutos, quando o Cruzeiro despertou para o jogo. Apesar das poucas chegadas, o time finalizava com perigo. E se o Bahia tentava, mas se dispersava no último terço, a Raposa não pretendia seguir o mesmo enredo. Tanto é que aos 13 minutos, Gabriel Veron recebeu, limpou Gabriel Xavier, invadiu a área e bateu de trivela, marcando o primeiro gol. A confirmação do lance só veio aos 17, depois que o VAR interviu na marcação de impedimento dado pelo auxiliar de arbitragem. 

A inferioridade no placar não intimidou o Tricolor, que seguiu atacando, mas sem efetividade. Aos 20 minutos, Everaldo recebeu na área, girou e mas a bola explodiu na marcação azul. O time de Belo Horizonte respondeu aos 26, pelos pés de Marlon. O lateral entrou em velocidade na área, mas foi desarmado por Gilberto. 

Anderson foi acionado mais uma vez aos 34 minutos, quando Jean Lucas recebeu na intermediária, ajeitou e bateu colocado, com a perna direita. A bola foi no ângulo, mas o goleiro pulou de mão trocada para defender. 

Os minutos finais foram de pura emoção. Aos 46, uma cobrança de falta colocou Veron na cara do gol, mas o atacante demorou para definir a jogada e perdeu a chance de ampliar o placar. Mais uma chance foi criada com Lucas Romero. Depois de tabelar com Matheus Pereira, o volante entrou na área pela direita, mas mandou por cima do gol. A redenção do Bahia veio ainda nos acréscimos, quando Thaciano, aos 53, cabeceou para as redes, empatando a partida. 

Avante, Esquadrão!

A volta do vestiário seguiu como a primeira etapa: a pressão do Bahia anulou as estratégias cruzeirenses. Everaldo recebeu com liberdade na entrada da área, mas bateu muito forte, atingindo a trave esquerda, aos nove. Dois minutos depois, Biel acionou Thaciano cara a cara com Anderson, mas William apareceu de carrinho para afastar.

Apesar disso, o Cruzeiro também investiu. Com 13 minutos, William recebeu na direita e cruzou rasteiro para Arthur Viana, que cabeceou de carrinho, dividindo com o goleiro, mas Marcos Felipe levou a melhor. O goleiro do Esquadrão foi acionado mais uma vez aos 16. O Cruzeiro rouba no meio-campo, Matheus Pereira avança com liberdade, mas exagera na força do passe para Arthur Viana. Aos 23 minutos, o jogo voltou a ficar favorável para o Bahia, quando Marlon foi expulso após fazer uma falta dura em Gilberto. 


Sentindo o momento do jogo, o técnico Rogério Ceni sacou novos atacantes para assumir o time titular. As mudanças, inclusive, foram responsáveis pelo gol de virada do Bahia. Após um cruzamento de Ademir pela direita, Biel evitou a saída da bola e escorou para Estupinãn, que só empurrou para o fundo das redes e consagrou o segundo gol do Esquadrão. 

A torcida do Bahia foi à loucura aos 45 minutos, quando Biel recebeu na entrada da área, deixou Zé Ivaldo na saudade, ganhou de Arthur Gomes na velocidade, finalizando no canto de Anderson. O triunfo do Esquadrão foi confirmado aos 51, no último lance do jogo, quando Estupinãn - mais uma vez - balançou as redes de cabeça. 

Enquete

RESULTADO DA VOTAÇÃO

BAHIA
EMPATE
CRUZEIRO

Comentários

Quer comentar? Basta registrar-se!
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
jogos em destaque
U Domingo, 23 Junho 2024 - 16:00
Arena Fonte Nova
Paulo Belence dos Prazeres Filho
4-1
Thaciano 45'
Oscar Estupiñán 78' 90'
Biel 90'
Gabriel Veron 14'
Links Relacionados

Futebol Nacional
Peixe emenda a quinta vitória no campeonato
Em uma noite inspirada, o Santos foi um anfitrião indigesto ao receber o Coritiba na Vila Belmiro. O time deixou os bons modos de lado e fez uma das maiores exibições do time ...

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

colorado04 22-07-2024, 18:57
ScPKoHx 22-07-2024, 09:09
ScPKoHx 21-07-2024, 14:02
RO
Rodrigoborr 21-07-2024, 12:12
RO
Rodrigoborr 21-07-2024, 12:03
ScPKoHx 21-07-2024, 09:40