Siga o instagram do oGol
bet365
Jogos arrancam nesta terça

Copa do Brasil começa com nova configuração de vagas; veja quem perde e quem ganha

Uma "nova" Copa do Brasil começa nesta terça-feira (20). Perde e ganha de vagas, umas regiões assumem mais protagonismo e outras perdem espaço: qual é o resultado da nova distribuição de lugares no torneio pela CBF? O modelo agora adotado abandona o ranking nacional de clubes e dá mais força às federações. Confira o detalhe de tudo que mudou, região por região, estado por estado. 

Antes dos cálculos, é preciso uma explicação: a partir deste ano, a distribuição de vagas varia conforme o ranking de federações. Ou seja, as mais bem colocadas recebem mais, as piores colocadas recebem menos. Com isso, São Paulo e Rio de Janeiro tiveram direito a seis vagas; Minas, Rio Grande do Sul e Paraná cinco vagas; Ceará, Goiás, Santa Catarina, Bahia, Pernambuco, Alagoas, Mato Grosso, Pará e Maranhão três vagas. Todas as demais garantiram duas vagas e esta é a primeira grande mudança. À parte do ranking de federações, 12 vagas são asseguradas por meio da Libertadores, Copa do Nordeste, Copa Verde e título da Série B.

Até a Copa do Brasil de 2023, sem o número mínimo de vagas por federação, várias tinham apenas um representante: Amapá, Roraima, Rondônia, Tocantins e Mato Grosso do Sul foram o caso na edição passada. Com a mudança, automaticamente, todos esses estados foram beneficiados com mais espaços.

Como o torneio mantém o mesmo número de equipes (92), se alguns ganham, outros necessariamente têm que perder. O estado de Santa Catarina foi o maior prejudicado em relação à edição passada: sai de seis para apenas três times - caso o critério passado fosse mantido, Avaí e Chapecoense, fora neste ano, estariam na disputa via ranking. O mesmo vale para o Santos, que acabou suprimido dentro de São Paulo pelo Botafogo de Ribeirão Preto.

Apesar de muitas mudanças, os estados com mais representantes na Copa do Brasil seguem os mesmos:

  • São Paulo - nove clubes (Botafogo-SP, Ituano, Portuguesa, Água Santa, Corinthians, São Bernardo, São Paulo, Palmeiras e Red Bull Bragantino) - a perda foi de uma vaga em relação a 2023;
  • Rio de Janeiro - nove clubes (Audax, Portuguesa, Olaria, Volta Redonda, Vasco, Nova Iguaçu, Fluminense, Flamengo e Botafogo) - o ganho foi de duas vagas em relação a 2023.

Na temporada passada, Minas Gerais era, sozinho, o terceiro estado com mais vagas (7), mas perdeu uma e agora fica empatado com terceira federação com mais representantes:

  • Minas Gerais - seis clubes (Cruzeiro, Tombense, Athletic, Villa Nova, América e Atlético Mineiro) - a perda foi de uma vaga em relação a 2023;
  • Paraná - seis clubes (Cianorte, Maringá, Coritiba, Cascavel, Operário Ferroviário e Athletico) - ganho de uma vaga em relação a 2023; 
  • Rio Grande do Sul - seis clubes (São Luiz, Ypiranga, Juventude, Internacional, Caxias e Grêmio) - manutenção no número de vagas.

Santa Catarina, que teve seis vagas em 2023, agora tem menos vagas que Bahia, Ceará e Goiás. Ambos perderam vagas, porém menos que os catarinenses:

  • Bahia - quatro clubes (Bahia, Itabuna, Jacuipense e Vitória) - perda de uma vaga em relação a 2023;
  • Ceará - quatro clubes (Iguatu, Ferroviário, Fortaleza e Ceará) - perda de uma vaga em relação a 2023.
  • Goiás - quatro clubes (Anápolis, Atlético-GO, Aparecidense e Goiás) - perda de uma vaga em comparação com a última temporada.

Os estados que têm direito a três vagas são:

  • Alagoas - três clubes (CRB, Murici e Asa) - manutenção das vagas;
  • Pernambuco - três clubes (Retrô, Petrolina e Sport) - perda de uma vaga;
  • Maranhão - três clubes (Moto Club, Maranhão e Sampaio Corrêa) - manutenção das vagas
  • Santa Catarina -  três clubes (Marcílio Dias, Brusque e Criciúma) - perda de três vagas em relação a 2023;
  • Mato Grosso - três clubes (União Rondonópolis, Cuiabá e Operário VG) - manutenção de vagas;
  • Pará - três clubes (Remo, Águia e Paysandu) - perda de uma vaga em comparação com o ano passado.

Todos os demais estados se valem do número mínimo de vagas por federação:

  • Espírito Santo - dois clubes (Nova Venécia e Real Noroeste) - manutenção de vagas;
  • Paraíba - dois clubes (Sousa e Treze) - manutenção de vagas;
  • Piauí - dois clubes (River e Fluminense-PI - manutenção de vagas;
  • Rio Grande do Norte - dois clubes (ABC e América-RN) - manutenção de vagas;
  • Sergipe - dois clubes (Itabaiana e Confiança) - manutenção de vagas;
  • Distrito Federal - dois clubes (Real Brasília e Brasiliense) - manutenção de vagas;
  • Mato Grosso do Sul - dois clubes (Costa Rica e Operário) - ganho de uma vaga;
  • Acre - dois clubes (Rio Branco e Humaitá) - manutenção de vagas;
  • Amapá - dois clubes (Independente e Trem) - ganho de uma vaga;
  • Amazonas - dois clubes (Manauara e Amazonas) (2) - manutenção de vagas;
  • Rondônia - dois clubes (Porto Velho e Ji-Paraná) - ganho de uma vaga;
  • Roraima - dois clubes (São Raimundo e GAS) - ganho de uma vaga;
  • Tocantins - dois clubes (Capital e Tocantinópolis) - ganho de uma vaga.

Assim, no panorama final, a região Sudeste se torna a quem tem mais representantes na Copa do Brasil (26), ultrapassando o Nordeste que tinha 28 e caiu para 25. O terceiro lugar é do Sul, que tinha 17 e foi para 15, agora igualado com o Norte, que tinha 12 e cresceu para 15. O Centro-Oeste ainda é quem tem menos clubes (11), mas com ganho de duas vagas em comparação com o ano passado.

Comentários

Quer comentar? Basta registrar-se!
motivo:
Copa do Brasil
2024-02-20 16h23m por renato92
Olha, eu entendo que querem dar mais importância para os Estaduais, principalmente agora pra garantir vaga na CDB e lucrar mais, mas o próprio nome da competição diz: Copa do Brasil. TODOS deveriam participar, deixar umas 6 fases antes de entrar os times de Série C pra cima, independente da posição do rank da CBF, divisão, etc.
Links Relacionados

Futebol Nacional
Curiosidade
Pai e filho em campo
Romário e Romarinho podem atuar juntos na Segunda Divisão do Campeonato Carioca. Inscrito no BID da CBF, Romário não escondeu o desejo de atuar ao lado do filho. Nem que ...

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

JP_Tricolor 19-04-2024, 08:05
JP_Tricolor 19-04-2024, 08:04
JP_Tricolor 19-04-2024, 08:03
JP_Tricolor 19-04-2024, 08:01
ScPKoHx 18-04-2024, 18:50
Jorjao123 18-04-2024, 10:23
JP_Tricolor 18-04-2024, 07:49
JP_Tricolor 18-04-2024, 07:47
JP_Tricolor 18-04-2024, 07:46