Siga oGol no facebook
Ele de novo

Brasil abre 2 a 0, cede empate ao México, mas Endrick garante vitória no fim

E0

Predestinado. Endrick é fora do comum. Em uma noite marcada por diversos testes de Dorival Júnior, a seleção brasileira chegou a ceder o empate ao México após abrir 2 a 0. Mas Endrick, já aos 50 do segundo tempo, marcou de cabeça e garantiu a vitória ao Brasil no Texas, por 3 a 2. 

Na próxima quarta-feira, às 20h, a seleção brasileira faz o último teste antes da Copa América, às 20h, contra os Estados Unidos. La Tri agora só joga dia 22, em Houston, contra a Jamaica, já pela Copa América. 

Brasil marca cedo

Dorival Júnior mandou a campo um time considerado reserva. Queria dar a oportunidade a quem não jogou tanto ainda com ele. E logo no primeiro ataque, o gol quase saiu. Andreas Pereira fez jogada pela direita e mandou na área para Gabriel Martinelli, que se esticou todo, mas não conseguiu alcançar a bola. 

Andreas voltou a aparecer pouco depois, aos quatro minutos, e para abrir o placar. O Brasil agiu rápido para avançar em uma linha defensiva adiantada. Savinho foi protagonista em progressão com bola e quebrou duas linhas conduzindo a bola. Achou, então, Andreas de frente para a última linha. O meia dominou, limpou a marcação e finalizou no contrapé do goleiro para abrir o placar. 

O time de Dorival conseguia transições de muita velocidade, usando a criatividade de Andreas e o 1 contra 1 de Martinelli e Savinho. Savinho, também, aproveitou seu entrosamento com Yan Couto para deixar o companheiro na boa na área. Só que Yan, que tinha duas opções chegando atrás, tentou bater cruzado e a bola passou pela área. 

@Rafael Ribeiro/CBF

O Mèxico só começou a se acertar depois dos 20 minutos. E ameaçou primeiro em chute de fora da área de Arteaga. Alisson se jogou para espalmar. A partir daí, os mexicanos começaram a trabalhar a bola com mais qualidade. 

Só que La Tri só conseguiu voltar a ameaçar através de um erro brasileiro na saída de bola. Santiago Giménez teve sua primeira e única oportunidade no primeiro tempo, mas teve chute desviado para escanteio. Os mexicanos, é bem verdade, faziam muito pouco para reagir. 

México reage, mas Endrick decide

O Brasil voltou do intervalo como começou o jogo: objetivo, com evolução rápida no último terço. Assim, chegou ao segundo gol. Éder Militão lançou Yan Couto na área, e o lateral, depois de limpar a marcação, tocou no meio da área para Gabriel Martinelli mandar para dentro. 

Com 15 minutos, Dorival mudou no time. Paquetá assumiu o meio-campo, Pepê ganhou chance e Endrick deu mais velocidade ao ataque no lugar de Evanílson, que participou pouco. Logo no primeiro lance, o agora ex-palmeirense passou pela marcação na direita e, quase sem querer (a zaga chutou nele), mandou bola que passou com perigo na frente do gol. 

Se no ataque, Paquetá e Endrick prometiam um desempenho melhor, na defesa a seleção continuou errando na saída de bola. Foi, talvez, o grande ponto negativo desta noite. Após nova perda de bola no campo de defesa, de Paquetá em dividida em que foi com intensidade bem abaixo, Vega apareceu na direita com liberdade e cruzou para o gol de Quiñones, que se antecipou a Yan Couto para mandar para dentro. 

A seleção tentou evitar que o rival crescesse usando a qualidade de seus atacantes. A melhor defesa, nesse caso, era o ataque. E Endrick deixou Vinícius Júnior, que acabara de entrar, na cara do gol. Vini chutou rasteiro, e Julio González fez a defesa. A chane seguinte foi de Endrick, que recebeu de Pepê na área, mas bateu de perna direita para fora. 

Sem o gol para matar o jogo, o Brasil levou o empate nos acréscimos, aos 47 minutos. Após cobrança de escanteio na área, Martínez, primeiro, parou em defesaça de Alisson. Mas na sobra, soltou uma pancada de canhota para deixar tudo igual. 

Só que ainda houve tempo para o predestinado Endrick brilhar. Já aos 50 minutos, Vinícius cortou a marcação na canhota e cruzou para Endrick, que desviou de cabeça e garantiu a vitória brasileira. De novo o predestinado menino. 

Comentários

Quer comentar? Basta registrar-se!
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
jogos em destaque
U Sábado, 08 Junho 2024 - 22:00
Texas A&M International University Soccer Complex
Lukasz Szpala
2-3
Julián Quiñones 73'
Guillermo Martínez 90'
Andreas Pereira 5'
Gabriel Martinelli 54'
Endrick 90'
Links Relacionados

Série B
Pegou o elevador
Em um duelo travado e de poucas finalizações, o Ceará venceu o Avaí por 1 a 0, na Ressacada, pela 16ª rodada da Série B. O Vozão arrancou a ...

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

RenataBFR 19-07-2024, 12:34
Piranho 19-07-2024, 09:29
ScPKoHx 19-07-2024, 09:12
RenataBFR 18-07-2024, 23:39
Piranho 18-07-2024, 17:31
Tansoback 18-07-2024, 14:16
Roger_Caroso 18-07-2024, 13:45
RenataBFR 18-07-2024, 13:13
RO
Rodrigoborr 18-07-2024, 04:30
LukyMax_Santiago 18-07-2024, 02:15
Tansoback 17-07-2024, 22:45