Siga oGol no Twitter
        bet365
        Escassez Xeneize

        Alérgico a gols? Boca só fez cinco em mata-mata de Libertadores desde 2020

        Segundo maior vencedor da história da Copa Libertadores da América, o Boca Juniors não levanta o troféu da competição desde 2007. Para vencer jogos é preciso marcar gols e é justamente esse o grande calcanhar de Aquiles dos Xeneizes nos últimos quatro anos.

        Nesta quinta-feira (28), diante do Palmeiras no estádio de La Bombonera, mais uma vez o Boca passou em branco em uma partida de mata-mata da Liberta. Em cinco partidas eliminatórias na atual edição, o time argentino só marcou dois gols, ambos contra o Nacional, pelas oitavas.

        A classificação diante a equipe do Uruguai só veio nas cobranças de pênaltis. Já nas quartas de final, diante do rival Racing, quando o Boca levou a melhor depois de dois empates pelo placar de 0 a 0.

        Esse fenômeno está longe de ser isolado na vida recente do Boca Juniors na Libertadores. No ano passado, a equipe foi eliminada diante do Corinthians também depois de empate duplo pelas oitavas. Em 2021, foi a vez do Atlético Mineiro despachar os argentinos nas penalidades depois de 180 minutos sem o placar ser movimentado.

        Na edição de abertura da década atual, o Boca Juniors teve seu ano mais goleador dos últimos quatro. Foram três tentos anotados entre as oitavas e quartas de final. Nas semis, os argentinos seguraram o 0 a 0 contra o Santos, em casa, e foram superados na Vila Belmiro pelo placar de 3 a 0.

        Portanto, o saldo do Boca Juniors nas últimas quatro disputas de mata-mata da Libertadores é de míseros cinco gols marcados. Mesmo o fator La Bombonera já não tem o mesmo peso de outros tempos. São seis jogos sem vencer atuando em casa no mata-mata. A última delas ocorreu contra o Racing, em 2020.

        Verdão econômico

        Em busca de seu terceiro troféu de Copa Libertadores nos últimos quatro anos, o Palmeiras não se impõe como nos últimos anos. A versão de 2023 tem sido das mais econômicas na fase de mata-mata.

        Fora a goleada por 4 a 0 no jogo de ida das quartas contra o frágil Deportivo Pereira, da Colômbia, o Verdão totaliza três empates por 0 a 0 e apenas mais um tento marcado, diante do Atlético Mineiro, pela abertura das oitavas de final.

        O momento atual do time alviverde de Abel Ferreira também preocupa no que diz respeito à efetividade do setor ofensivo. O Palmeiras passou em branco nos últimos cinco duelos, entre Libertadores e Campeonato Brasileiro. A última bola na rede de um adversário foi há mais de um mês. No dia 27 de agosto, o Verdão bateu o Vasco pelo placar mínimo.

        Comentários (0)
        Quer comentar? Basta registrar-se!
        motivo:
        EAinda não foram registrados comentários…

        Futebol Internacional
        Coluna oGol
        Na Terra do Soccer
        Um dilema parece tomar conta do mundo (e do futebol): dinheiro ou tradição? A discussão incentivada na Europa pela criação da Superliga de Clubes tem sua ...

        ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

        LukyMax_Santiago 26-02-2024, 13:10
        ScPKoHx 25-02-2024, 22:30
        fragajr 25-02-2024, 21:55
        AAARubra 25-02-2024, 19:38
        ScPKoHx 25-02-2024, 18:59
        LukyMax_Santiago 25-02-2024, 14:22