Siga o instagram do oGol
      bet365
      Always Ready atropelou o Sporting Cristal

      'Combo brasileiro': Liberta tem goleada favorável, contra, e segundo goleador mais precoce

      O futebol brasileiro fez sua estreia na Copa Libertadores de 2024 com um empate sem gols do Red Bull Bragantino. Se a partida do Braga foi morna, o mesmo não pode ser dito do duelo entre Always Ready e Sporting Cristal, que teve a marca do Brasil e goleada impiedosa.

      A equipe boliviana mostrou que estava mais do que pronta e fez valer, com o perdão do trocadilho, a altitude da cidade de El Alto. Nos mais de 4100 metros, o Always Ready massacrou os visitantes pelo placar de 6 a 1 e quem abriu caminho foi o brasileiro Wesley Tanque. Um verdadeiro andarilho, o atacante é ex-ASA e passou pelo futebol da Alemanha, República Tcheca, El Salvador, Portugal e China.

      O massacre do Always Ready aconteceu de fato na etapa final, com cinco tentos anotados e mais uma participação brasileira. Robson Bolívia marcou o gol mais bonita da partida, de fora da área, para colocar 3 a 1 no marcador. 

      Com apenas 21 anos, Robson nasceu no interior de São Paulo, tem dupla nacionalidade, e defendeu a seleção boliviana nos Sul-Americanos Sub-17 e Sub-15. O lateral esquerdo passou por Palmeiras e Cruzeiro, nas categorias de base, e tem um título da Copa do Brasil Sub-17, um Paulista e um Mineiro na categoria júnior.

      Do lado derrotado, a noite não poderia ter sido pior para um trio brasileiro. Em sua primeira experiência internacional, o técnico Enderson Moreira fazia bom início no Sporting Cristal até esta terça-feira... o zagueiro Ignácio, ex-Bahia, acabou expulso e o meia Gustavo Cazonatti, ex-Chapecoense, entrou no decorrer da partida.

      Meteoro boliviano

      O duelo entre Always Ready e Sporting Cristal também foi marcante para um prodígio do futebol da Bolívia. Moises Paniagua é uma grande promessa e defendeu o país andino no último Sul-Americano Sub-17.

      Além de prococe, o garoto tem estrela. Em 2022, quando havia recém-completado 15 anos, o atacante estreou como profissional e deu a vitória ao Always Ready diante do Royal Pari FC, pelo Campeonato Boliviano.

      No ano passado, Paniagua fez sua estreia na Copa Libertadores e, ao todo, disputou 34 partidas na temporada. A joia balançou as redes três vezes e ainda distribuiu duas assistências.

      Nesta terça-feira, Moises Paniagua foi além e escreveu seu nome na história da Copa Libertadores. Ele se tornou o segundo mais jovem em toda a história a marcar um gol no principal torneio da América do Sul. O recordista é o brasileiro Ângelo, formado no Santos e atualmente cedido pelo Chelsea ao Strasbourg, da França.

      Mais jovens a marcar pela Copa Libertadores:

      1. Ângelo (Santos) - 16 anos e 106 dias

      2. Moisés Paniagua (Always Ready) - 16 anos e 188 dias

      3. Juan Carlos Cárdenas (Racing) - 16 anos e 217 dias

      4. Julio César Enciso (Libertad) - 16 anos e 307 dias

      5. Endrick (Palmeiras) - 16 anos e 321 dias

      Bolívia
      Moises Paniagua
      NomeMoises Paniagua Leaño
      Data de Nascimento/Idade2007-08-16(16 anos)
      Nacionalidade
      Bolívia
      Bolívia
      PosiçãoAtacante

      Comentários

      Quer comentar? Basta registrar-se!
      motivo:
      EAinda não foram registrados comentários…

      Futebol Internacional
      Dois gols e assistência
      O início foi de pesadelo do Inter Miami, com gol contra e bola na trave. Mas Messi apareceu para salvar a noite na Flórida e, com dois gols e uma assistência, comandou a ...

      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

      AAARubra 20-04-2024, 20:57
      ricardodemattossouza 20-04-2024, 12:56
      mateuspbs 20-04-2024, 00:27
      JP_Tricolor 19-04-2024, 08:05
      JP_Tricolor 19-04-2024, 08:04
      JP_Tricolor 19-04-2024, 08:03
      JP_Tricolor 19-04-2024, 08:01