Siga oGol no facebook
        1xBet
        Que começem os jogos

        Oitavas de final da Libertadores: O que clubes brasileiros podem esperar dos adversários?

        2021/07/13 08:36
        Paulo Mangerotti
        E1

        A longa espera chegou ao fim. Depois de quase dois meses parada, a Copa Libertadores da América retorna nesta terça-feira (13), no mata-mata das oitavas de final. No Brasil, independente da disputa da Copa América, a Série A avançou e fica fácil de notar quem aproveitou bem o período, como o líder Palmeiras e o terceiro colocado Atético Mineiro, ou quem vem sofrendo desde então, como o São Paulo, que apesar da recuperação recente sai com saldo de duas vitórias em 11 jogos. E os rivais estrangeiros na Liberta?

        A resposta, de cara, é que não há parâmetro para esta análise, pelo menos em termos de desempenho. O motivo? Simples, a bola não rola na Argentina, Chile e Paraguai, países dos adversários brasileiros, no mínimo, desde o início de junho. O que não quer dizer exatamente que não seja possível descobrir como Universidad Católica, Cerro Porteño, Olimpia, Boca Juniors, Racing e Defensa y Justicia chegam para as oitavas de final.

        Os argentinos

        A temporada 2020/21 do Campeonato Argentino foi finalizada no dia 4 de junho, e a nova só será iniciada no próximo final de semana. Portanto, há pelo menos 39 dias, os clubes do país não entram em campo para a disputa de partidas oficiais.

        O Racing, vice-campeão argentino, será adversário do São Paulo nesta terça. Os rivais já se conhecem bem, afinal integraram juntos o grupo E, mas mesmo que o time de Avellaneda não tenha realizado grandes mudanças no elenco, à parte da contratação do veterano Lisandro López, de 38 anos, o desenho tático provável é diferente do que o time de Crespo já enfrentou.

        De acordo com a imprensa argentina, o Racing vai a campo contra o São Paulo num 5-3-2, com: Gabriel Arias; Juan José Cáceres, Leonardo Sigali, Mauricio Martínez, Nery Domínguez e Eugenio Mena; Leonel Miranda, Aníbal Moreno e Ignacio Piatti; Tomás Chancalay e Enzo Copetti. Desses 11 jogadores, apenas três (em destaque) começaram como titulares contra o Tricolor no dia 18 de maio, enquanto outros cinco entraram no decorrer da partida.

        Outro confronto desta terça é o entre Boca Juniors e Atlético Mineiro. Diferente do Racing, os Xeneizes passaram por profundas mudanças no elenco. Oito jogadores deixaram o Boca, entre eles nomes importantes como Carlitos Tevez, Andrada, Mauro Zárate, Buffarini e Emmanuel Mas. Por outro lado, também chegaram reforços, dos quais três devem ser titulares (em destaque): Rossi; Weigandt, Carlos Izquierdoz, Marcos Rojo e Sández; Cristian Medina, Esteban Rolón e Alan Varela; Sebastián Villa, Briasco e Cristian Pavón. 

        O Defensa y Justicia, adversário do Flamengo na quarta-feira, por fim, é quem mais sofreu neste período. O número de jogadores que deixaram o grupo e Beccacece não é tão grande como o do Boca. Porém, para um clube que conta com um elenco enxuto, perder três peças fundamentais, como admitiu o próprio treinador, é um baque importante.

        Saíram do Defensa y Justicia: Braian Romero (artilheiro) e Enzo Romero, ambos reforço para o River Plate, e o zagueiro Pizzini, que retornou de empréstimo para o Independiente. Braian Romero, considerado a maior perda, já foi substituído pelo experiente Lucas Barrios, paraguaio que defendeu as camisas de Palmeiras e Grêmio no futebol brasileiro.

        Os paraguaios

        Fluminense e Internacional têm pela frente adversários paraguaios nas oitavas de final da Copa Libertadores. Com a fase Apertura do Campeonato Paraguaio finalizada no dia 30 de maio e sem jogos oficiais desde então, Cerro Porteño e Olimpia chegam no mata-mata com longo período de inatividade.

        O Cerro Porteño, adversário do Fluminense, avançou em segundo lugar no grupo H da Libertadores e não teve campanha de grande destaque. No próprio Campeonato Paraguaio, o clube fez participação tímida, terminando em 4º lugar, a 10 pontos do campeão Libertad.

        Para o jogo contra o Flu, o time provável é o mesmo que vinha atuando até então neste ano. A única baixa confirmada é o meia Ángel Cardozo, que se lesionou durante a disputa da Copa América, e deve ser substituído pelo recém-contratado Carrascal. No Cerro Porteño, destaque para três figuras bem conhecidas do público brasileiro: o goleiro Jean, ex-São Paulo, é o titular da meta, enquanto Mauro Boselli, ex-Corinthians, comanda o ataque, e o treinador é Francisco Arce, ex-lateral com grande história no Brasil.

        O Olimpia, que já se encontrou com o Internacional na fase de grupos e mostrou grande fragilidade, afinal foi goleado por 6 a 1, reforçou-se para fazer frente aos gaúchos. Cinco contratações já foram confirmadas pelos paraguaios, e é esperado que algumas delas estejam em campo na quinta-feira. O principal reforço do clube é William Mendieta, que estava no futebol mexicano.

        O chileno

        A Universidad Católica, por fim, é quem chega entre os adversários estrangeiros com menos período de inatividade. O rival de quarta-feira do Palmeiras atuou pela última vez no início de julho, pela Copa do Chile, mas vem em baixo rendimento.

        Vice-líder do Campeonato Chileno, com um jogo a menos que o primeiro colocado Audax Italiano, a Católica sofreu nos quatro jogos que disputou nas últimas três semanas e acabou eliminada da copa nacional. Depois de dois empates, avançou nos pênaltis contra o Deportes Iquique, clube da segunda divisão chilena, mas acabou eliminada nas oitavas de final para o Everton.

        As oitavas de final da Copa Libertadores começam às 19h15 desta terça-feira, com os jogos entre Cerro Porteño e Fluminense e Boca Juniors e Atlético Mineiro. A tabela completa você confere aqui.

        Comentários (1)
        Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
        motivo:
        Favoritismo brasileiro
        2021-07-13 12h00m por raonymarins
        Creio q somente o São Paulo terá muita dificuldade contra o Racing q é uma boa equipe.
        À Católica acho q vai oferecer muita resistência ao Palmeiras também, mas acho q o Verde no mínimo empata lá em Santiago

        O restante dos brasileiros à tendência é passarem todos, até com uma certa tranquilidade alguns. . .
        SIMULADOR OGOL
        Futebol Alemão
        Pequena correção
        A notícia de uma operação ao coração normalmente vem seguida de apreensão e muita preocupação. No caso de Kingsley Coman, no entanto, o clima ...
        ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
        ScPKoHx 17-09-2021, 14:23
        JP_Tricolor 17-09-2021, 14:15
        JP_Tricolor 17-09-2021, 14:14
        JP_Tricolor 17-09-2021, 14:13
        raonymarins 17-09-2021, 12:29
        ScPKoHx 16-09-2021, 09:07
        ScPKoHx 16-09-2021, 08:55