Siga o canal do youtube do ogol.com.br
        1xBet
        Entrevista Ogol
        Técnico relembrou campanha

        Thiago Carpini e o milagre que manteve o Guarani na Série B

        2020/03/30 17:40
        Texto por Carlos Ramos
        E0

        Thiago Carpini assumiu o Guarani quando o time estava na lanterna da Série B, com poucas perspectivas e um pé na Série C. O Guarani, um time que já foi campeão brasileiro... O treinador estava apenas começando sua carreira no banco de reservas, mas foi protagonista no verdadeiro milagre bugrino. 

        Em conversa com a reportagem de oGol, Carpini lembrou que sua relação com o clube começou ainda quando era jogador. Mesmo antes de pendurar as chuteiras, seu pensamento já estava no futuro. 

        "O Guarani foi um dos meus últimos clubes como atleta. Sempre tive uma identificação com o clube. Quando estava para parar, já estava fazendo a faculdade de educação física, me preparando. Sabia que queria estar no meio, mas não imaginava que fosse tão rápido", contou.

        Depois de se aposentar, Thiago foi convidado por Evaristo Piza para fazer parte da comissão técnica do XV de Piracicaba. Depois, seguiu com o treinador na Paraíba, onde foi campeão estadual e alcançou a final da Copa do Nordeste contra o Fortaleza. Foi aí que o Guarani voltou a aparecer. 

        "Tive o convite do Guarani para ser um auxiliar da casa. Achei legal, que ia aprender bastante. Cheguei no Guarani na parada para a Copa. O Roberto Fonseca fez 11 jogos, teve uma ou duas vitórias. A gente era lanterna, a nove pontos de sair da zona de rebaixamento. Estava muito complicado. Eu assumi para fazer dois jogos até ser contratado um novo treinador. Estava entre Kleina, Jorginho, René Simões, vários nomes", conta Thiago, que conquistou a diretoria e o grupo de jogadores.

        "Nos dois jogos que fiz, a gente foi muito bem. O primeiro jogo, contra o América, no Horto, a gente perdeu de 3 a 2, mas o time mostrou uma evolução, apesar de apenas dois dias de trabalho. Mudei algumas coisas que eu entendia que poderia dar certo por já conviver com o grupo há um tempo. No segundo jogo, ganhamos do Londrina. A diretoria pediu para fazer mais um jogo. Ganhamos do Figueirense em Floripa. Quatro ou cinco atletas falaram para a diretoria que queriam a minha permanência, não queriam nenhum outro treinador, que a maneira que eu trabalhava, o ambiente estava bom. Entendiam que eu era o nome para ajudar a escapar do rebaixamento", recordou. 

        O Guarani, então, iniciou a arrancada que manteve o clube na Série B. Para Carpini, o divisor de águas foi o jogo contra o Vitória, na Fonte Nova, uma vitória por 1 a 0

        "A gente ganhou e fez um grande jogo. Com muita intensidade. Era meu quinto jogo e a diretoria, nesse jogo, pediu para que eu ficasse até o final da Série B. Dos 20 jogos que faltavam, a gente precisava ganhar pelo menos sete, mas conseguimos nove vitórias e três empates, acho (foram oito triunfos e quatro empates), e as coisas caminharam. Livramos do rebaixamento. Fizemos a pontuação necessária. Livramos ainda faltando dois jogos para acabar. Fizemos os últimos jogos já livres. Foi um feito histórico, porque todo mundo fazia o planejamento do Guarani para a Série C. Foi um desafio muito grande na minha carreira", garantiu.

        Os segredos por trás do milagre

        O treinador contou ainda alguns segredos para o sucesso da campanha bugrina, que tirou o time da última colocação na Série B para o 13° lugar no fim da competição.

        "O que eu mais tentei enfatizar é que eles (atletas) comprassem a ideia e acreditassem que da maneira que a gente vinha jogando, os resultados iam acontecer. A gente começou a apresentar números. Fora o bom ambiente. Para mim, 80% do trabalho é gestão de pessoas. Você conseguir extrair o máximo de cada atleta dentro das limitações de cada elenco. A gente trabalha sempre com a verdade. Vamos buscar o que é melhor para nós, independente de quem jogue. Tanto que, em um primeiro momento, tirei o capitão da equipe, um cara intocável, mas, na minha opinião, não vinha acrescentando para o futebol da equipe. Tirei outros que achei que era o momento. Alguns jogadores que estavam praticamente fora do contexto, o clube já tinha colocado em uma lista de dispensa para mandar embora, e depois terminaram como jogadores fundamentais. Tanto que dois foram para a Série A: um para o Bahia, jogando em uma posição na qual a gente adaptou; e um zagueiro, Luiz Gustavo, que foi para o Goiás. Bom ambiente no vestiário, transparência e verdade, não fazendo com os atletas o que não gostava que os treinadores fizessem comigo... E os resultados. Eles só acreditaram que era possível pelos resultados. Os números sem os três pontos não são nada".

        Ao longo da caminhada, Thiago Carpini não esconde que houve momentos em que tanto ele, quanto os atletas, pensaram que não era possível. Mas o milagre aconteceu. 

        "Teve momentos de muita conversa. Quando ganhamos três jogos seguidos e não conseguimos sair da lanterna, eu mesmo cheguei a duvidar. Mas graças a Deus, conseguimos sair. Acreditando que era possível sempre, procurando fazer o que era melhor para o clube, para nós. Colocando na cabeça dos caras que a gente iria fazer história. Como muitos trataram aqui, conquistar praticamente um acesso. Isso era muito importante, dinheiro nenhum paga. Os jogadores olham nossa atitude. Não podemos pregar uma coisa e fazer outra. Eles sentiram a verdade", contou.  

        Na base da verdade, o Bugre se manteve na Série B do Campeonato Brasileiro. Em sua primeira experiência como treinador, Thiago Carpini conseguiu um verdadeiro milagre. 

        Brasil
        Thiago Carpini
        NomeThiago Carpini Barbosa
        Data de Nascimento1984-07-16(35 anos)
        Nacionalidade
        Brasil
        Brasil
        FunçãoTécnico

        Fotografias(2)

        Comentários (0)
        Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
        motivo:
        EAinda não foram registrados comentários…
        Links Relacionados
        Equipe
        Treinador
        SIMULADOR OGOL
        Futebol Inglês
        Campeonato Inglês prepara retorno
        O Campeonato Inglês registrou, nesta quarta-feira, mais quatro casos de pessoas infectadas com o novo coronavírus. A Premier League tem feitos testes constantes em jogadores, integrantes ...
        ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
        LukyMax_Santiago 27-05-2020, 23:58
        LukyMax_Santiago 27-05-2020, 22:24
        LukyMax_Santiago 27-05-2020, 19:55
        PI
        Piranho 27-05-2020, 18:10
        JP_Tricolor 27-05-2020, 04:16
        JP_Tricolor 27-05-2020, 04:15
        JP_Tricolor 27-05-2020, 04:14
        JP_Tricolor 27-05-2020, 04:09
        JP_Tricolor 27-05-2020, 04:07
        LukyMax_Santiago 27-05-2020, 01:58
        LukyMax_Santiago 27-05-2020, 01:57
        LukyMax_Santiago 27-05-2020, 01:50
        LukyMax_Santiago 27-05-2020, 01:43