Siga o instagram do oGol
Análise ogol
Sport e Remo já caíram na Copa do Brasil

Brusque derruba favoritos e técnicos em início de temporada surpreendente

2020/02/21 10:18
Texto por ogol.com.br
E0

O Brusque derrubou o Remo nesta quinta-feira à noite na Copa do Brasil, e também o técnico Rafael Jacques. A goleada de 5 a 1 foi o ápice até o momento para o clube na temporada, mas está longe de ter sido o único grande evento em um início de temporada surpreendente para o time catarinense.

A temporada já começou com título para o Brusque. Na partida de abertura do futebol catarinense, o time de Jerson Testoni derrotou o favorito Avaí na Recopa Catarinense. A derrota na sequência para o Marcílio Dias, na estreia do estadual, acabou por ser o único tropeço deste início de ano.

De lá para cá foram sete jogos, com seis vitórias e um empate, entre Copa do Brasil e Catarinense. E se engana quem pensa que foram confrontos fáceis. No caminho, o time venceu Joinville, Avaí (outra vez) e Chapecoense, todos tradicionais rivais do estadual. Na Copa do Brasil, além do Remo, o Sport caiu frente aos catarinenses.

No momento o Brusque soma 13 pontos no estadual empatado com o Marcílio Dias, mas na liderança por conta do melhor saldo de gols. Na Copa do Brasil, a classificação para a terceira fase foi um feito inédito para o clube.

Derrubando técnicos pelo caminho

Não apenas os clubes rivais tem sofrido com as vitórias do Brusque. Os catarinenses se especializaram em derrubar técnicos. Rafael Jacques foi o último, vítima da goleada por 5 a 1. O detalhe fica por conta do retrospecto do treinador do Remo, que somou cinco vitórias em sete jogos e mesmo assim foi demitido na madrugada desta sexta-feira.

Guto Ferreira foi outra vítima do Brusque. O fato de ter comandado o Leão de volta à Série A em um momento de crise de nada serviu ao treinador na hora da eliminação inesperada na Copa do Brasil. O time pernambucano era o favorito contra os catarinenses e foi derrotado por 2 a 1 com direito a gol nos minutos finais.

Outros rivais do Brusque não caíram imediatamente após serem derrotados pelo clube, mas não permaneceram muito tempo como técnicos. Hemerson Maria deixou a Chape e o português Augusto Inácio foi demitido do Avaí.

Gamarra do Vale e dupla de ataque em destaque

Campeão da Copa SC e da Série D em 2019, o Brusque vive boa fase e parece dar passos corretos para crescer no cenário nacional. O sucesso é coletivo, mas há alguns nomes que vem ganhando destaque pelo momento do clube. Entre eles Ianson, Edu e Thiago Alagoano.

Ianson é o mais jovem dos três e, aos 24 anos, faz seu primeiro trabalho de destaque depois de passar por Caxias, Criciúma e Atlético Tubarão. Mais maduro, o zagueiro chegou a ganhar o apelido carinhoso de "Gamarra do Vale" por seu estilo. No ano passado, atuou em 43 jogos e marcou dois gols pelo Brusque.

Edu e Thiago Alagoano formam a dupla responsável pelo segundo melhor ataque do Catarinense. Edu, de 26 anos, estava no Nova Iguaçu e já marcou sete gols em oito jogos desde que chegou ao Brusque. Thiago, de 30 anos, tem cinco gols em nove jogos e já tinha sido destaque em 2019, com 15 gols pelos catarinenses.

Uma curiosidade fica por conta da história de Thiago Alagoano. O atacante, que teve passagens de sucesso por outros clubes de menor tradição pelo Brasil, na verdade se chama Luiz Carlos Marques Lima, registrado pelo pai com o nome, embora tenha combinado com a mãe do atleta de o chamar de Thiago. O nome "oficial" não pegou e Luiz virou Thiago.

Comentários (0)
Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
Links Relacionados
Mercado
Oficial
Novo reforço no Leão
A novela, enfim, terminou. Depois de idas e vindas que se arrastaram ao longo deste início da temporada, o Sport anunciou oficialmente a contratação o lateral direito Patric, que ...
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
Lucas17 02-04-2020, 10:55
adrianoaugusto 02-04-2020, 09:39