Siga o canal do youtube do ogol.com.br
Millionarios na decisão

Boca vence, mas River se segura na Bombonera e avança à final da Libertadores

2019/10/22 23:42
Texto por ogol.com.br
E0

Com uma grande vantagem conquistada no Monumental de Nuñez, o River Plate foi até a Bombonera para encarar o Boca Juniors, no Superclássico, com o regulamento debaixo do braço. Com 2 a 0 no agregado, o time comandado por Marcelo Gallardo foi burocrático, freou o ímpeto adversário e jogou o suficiente para avançar. Do outro lado, não faltou luta para os Xeneize, que chegaram a marcar um gol com Hurtado, mas parou por aí.

Mesmo com a derrota, os Millionarios se aproveitam do placar da ida, ficam com 2 a 1 no agregado e garantem vaga na grande decisão da Libertadores. Agora, o River aguarda o vencedor entre Flamengo e Grêmio, que decidem a outra vaga nesta quarta-feira. A final acontecerá em jogo único, no dia 23 de novembro, em Santiago, no Chile.

Boca se esforça, mas rede não balança

A torcida do Boca fez sua parte, diria até que exagerou. Com excesso de papel picado em campo, atirado pelos torcedores na Bombonera, o jogo sofreu um atraso de 15 minutos.

Com a bola rolando, como era de se esperar, o time da casa partiu para cima do River Plate. Logo aos oito minutos, Buffarini cobrou falta na área. A bola resvalou em Almendra e sobrou para Ábila. O atacante, ex-Cruzeiro, bateu com a perna esquerda, mas a acertou a rede pelo lado de fora.

O tempo foi passando e, apesar da tentativa dos visitantes de equilibrar as ações, os Xeneize foram aumentando cada vez mais o volume ofensivo. Aos 21, após cobrança de falta, a bola desviou na mão de Más e sobrou para Salvio. O camisa 27 aproveitou e mandou para dentro. Porém, o árbitro brasileiro, Wilton Pereira Sampaio, anulou corretamente o gol do Boca.

Da metade para o fim da etapa inicial, os Millionarios, mais organizados, passaram a aparecer mais frequência no setor ofensivo. Aos 23, Borré fez boa jogada pela direita e mandou na área. O goleiro Andrada ficou procurando a bola e por pouco os visitantes não abriram o placar em Buenos Aires.

Na base da empolgação e do abafa, o time da casa esboçou uma pressão nos minutos que antecederam o intervalo. Aos 43, Mac Allister cobrou escanteio da direita, e Almendra desviou na primeira trave. Na sequência, Enzo Pérez tentou cortar e quase fez contra. Armani, ligado no lance, fez grande defesa.

River sofre gol, pressão, mas se segura e avança

Na volta do intervalo, mais do mesmo. Logo no primeiro minuto, Buffarini descolou belo lançamento para Ábila, que dominou, mas se enrolou com a bola e perdeu tempo para a finalização.

Diferente do que tentou fazer no início de partida, o River passou a aceitar o jogo do adversário, que seguiu insistindo nas bolas alçadas na área. Aos dez, Mac Allister aproveitou sobra e quase abriu o placar. No entanto, ao fim da jogada, a arbitragem marcou impedimento.

O tempo foi passando, e os donos da casa partiram para o tudo ou nada. O técnico Gustavo Alfaro mandou a campo grande parte das opções ofensivas que tinha à sua disposição: entraram Mauro Zárate e Hurtado.

Os visitantes pareciam ter o confronto administrado. Até que aos 36, Mac Allister cobrou falta na área, a bola foi desviada e sobrou nos pés de Zárate, que se embolou com a bola. Acompanhando o lance, Hurtado apareceu para conferir e colocar fogo na partida: 1 a 0.

A partir daí, só deu Boca Juniors na partida. A pressão se intensificou e por muito pouco o lateral esquerdo Más não marcou de cabeça o gol que levaria o duelo para as penalidades. O último suspiro dos mandantes surgiu da cabeçada de Lisandro López, mas Armani ficou com ela e garantiu a classificação dos Gallinas para a final da Libertadores. Que venha Flamengo ou Grêmio...

Enquete
RESULTADO DA VOTAÇÃO
BOCA JUNIORS
EMPATE
RIVER PLATE
Comentários (0)
Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
jogos em destaque
U Terça, 22 Outubro 2019 - 21:30
Alberto Jacinto Armando (La Bombonera)
Wilton Pereira Sampaio
1-0
Jan Hurtado 80'
VÍDEOS
SIMULADOR OGOL
Faça a sua aposta:
R$
Odd acumulada:
Ganhar
Mercado
Namoro reativado?
O meia Thiago Neves, com contrato até o fim de 2020 com o Cruzeiro, deixou seu futuro longe de Belo Horizonte depois de declaração nesta quarta-feira. O jogador manifestou o ...
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
fragajr 14-11-2019, 12:35
PE
pedrohfc 14-11-2019, 10:17
CRUZPH 14-11-2019, 06:53
LukyMax_Santiago 13-11-2019, 23:40
rafacdf 13-11-2019, 15:28
Edmaia 13-11-2019, 11:51
Edmaia 13-11-2019, 11:48
ProfetadaColina 13-11-2019, 10:25
ProfetadaColina 13-11-2019, 10:24
ProfetadaColina 13-11-2019, 10:23
ProfetadaColina 13-11-2019, 10:22
ProfetadaColina 13-11-2019, 10:22
Okocha10 13-11-2019, 09:51
Okocha10 13-11-2019, 09:50
Okocha10 13-11-2019, 09:48