Siga oGol no Twitter
bet365
Jogos Marcantes

Uruguai 1 x 1 Gana: o dia que Suárez brilhou como goleiro

Texto por ogol.com.br
l0
E0

Só se ouviam vuvuzelas em Johannesburgo na noite do dia 2 de julho. Gana lutava para ser o primeiro país africano a chegar em uma semifinal de Copa do Mundo. Mas o Uruguai, com direito a um Luis Suárez "goleiro", não deixou, vencendo nos pênaltis um jogo absolutamente épico. 

A história de superação dos dois lados era belíssima. Um país sul-americano minúsculo, há anos sem brilhar no futebol, estava querendo voltar a ser grande. Uma seleção africana histórica levava nas costas o continente na primeira Copa na África. O jogo foi o que os dois lados representavam: suor, emoção e festa. 

O drama uruguaio 

O herói inicial da partida foi Richard Kingson. Com grandes defesas, o goleiro foi conseguindo parar Diego Forlán e Luis Suárez, dois uruguaios que estavam inspirados. 

Gana foi equilibrando a partida e dava trabalho principalmente nos cruzamentos. Mas foi em um míssil inesperado que a bola entrou: Sulley Muntari soltou uma pancada para abrir o placar. 

A festa africana cessou com a magia de Forlán: com uma belíssima cobrança de falta, o camisa 10, eleito o melhor jogador daquela Copa, marcou um golaço. 

A partir de então, equilíbrio, algumas chances, mas nenhum gol. A decisão do semifinalista foi para a prorrogação, e aí o drama ficou muito maior. 

Gana cresceu na prorrogação e chegou muito perto da classificação. No último minuto de bola rolando, a bola ficou viva na área uruguaia. Boateng tentou, a bola rebateu na defesa e Dominic Adiyiah mandou de cabeça. Suárez, em cima da linha, jogou de goleiro e fez uma linda defesa. Só que Suárez era atacante, e o árbitro foi obrigado a marcar o pênalti. 

Asamoah Gyan, grande ídolo ganês, tinha em seus pés a chance de fazer história, mas acertou o travessão e a decisão acabou indo para as penalidades. 

Aí, o Uruguai fez valer o ato de Suárez e Muslera pegou a cobrança de Mensah e de Adiyiah. Não adiantou Gyan acertar sua cobrança: Loco Abreu confirmou, com uma cavadinha, o Uruguai na semifinal depois de um jogo histórico. 

Comentários

Quer comentar? Basta registrar-se!
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
jogos históricos
U Sexta, 02 Julho 2010 - 15:30
FNB Stadium (Soccer City)
Olegário Benquerença
1-1
(4-2 Pen.)
Diego Forlán 55'
Sulley Muntari 45'
Estádio
FNB Stadium (Soccer City)
Lotação91141
Medidas111x71
Ano de Inauguração1989