Siga oGol no Twitter
bet365
Fora do Eixo
Daniel Genonadio

O inédito encontro dos Baptista: pai e filho se enfrentam na Série B

2024/06/15
E0
Fora do Eixo é um espaço para falar de clubes muitas vezes excluídos dos debates de futebol, para comentar seus momentos e destaques.

A Série B do Campeonato Brasileiro vai proporcionar neste sábado, 15, um confronto mais do que especial e, além de tudo, inédito (pelo menos no Brasil). Nelsinho Baptista, 73, e Eduardo Baptista, 52, pai e filho, vão se enfrentar. O encontro acontece às 17h, na partida entre Ponte Preta e Novorizontino, pela 10ª rodada, no estádio Moisés Lucarelli. 

Costumeiramente, filhos acompanham seus pais em clubes do Brasil como seus auxiliares. É o que aconteceu com Cuca e Cuquinha, no Athletico, Tite e Matheus Bacchi, no Flamengo, Dorival Júnior e Lucas Silvestre, na seleção brasileira. São muitos os exemplos. 

Nelsinho e Eduardo viveram por muito tempo uma história parecida, trabalhando juntos por 10 anos, entre 2000 e 2010. Nesse período, ambos passaram por Sport, Corinthians, Santos, São Caetano, Nogoya (Japão) e Flamengo. Conquistaram juntos, no Leão, dois Campeonatos Pernambucanos (2008 e 2009) e uma Copa do Brasil (2008).

Então Eduardo Baptista decidiu iniciar a sua carreira como treinador em 2014, no próprio Sport, onde construiu história vencedora como auxiliar. Foram quase 130 jogos no Leão, conquistando a Copa do Nordeste e levando alcunha de um dos treinadores mais promissores do futebol brasileiro. Assim chegou a Fluminense e Palmeiras (com a Ponte Preta no meio), mas sem ter sucesso. 

Eduardo Baptista então rodou por clubes tradicionais, outros menores e nem mesmo um retorno para o Sport foi bem-sucedido. Enquanto isso, Nelsinho foi para o futebol japonês, com anos como treinador de Kashiwa Reysol e Vissel Kobe. Até voltou ao Brasil para treinar o Sport em 2018, mas viajou de novo ao Japão até esse ano, quando assumiu a Ponte Preta nessa Série B. 

Conforme o ge, a possibilidade de enfrentar o próprio filho foi uma das motivações de Nelsinho Baptista para retornar ao futebol brasileiro. Nesta semana, o treinador comentou o duelo contra o filho, revelando até mesmo uma alteração na dinâmica familiar. 

"É um jogo histórico até para o mundo. Tem uma motivação a mais, claro. Vai ser um fato que chamará muita atenção. Os dois vão fazer o melhor possível, cada um buscando a vitória para o seu lado. Não tem outro caminho. Mas claro que gera uma expectativa muito grande", falou em entrevista coletiva. 

"A gente tem uma relação de amigo também, sempre um liga para o outro. Mas combinamos de não conversar mais até o jogo. Eu não estava falando direito, ele também não. A gente procura ser muito direto um com outro. Aí conversamos até quarta-feira, e nem de futebol foi, e combinamos de só falar no jogo daí", contou. 

Já Eduardo Baptista se emocionou ao comentar o jogo deste sábado. "É um jogo mais do que especial. Era algo que eu já sonhava, tinha desejo que isso acontecesse. Me pegou de surpresa (realizar esse confronto). Vai além de um jogo. É um confronto muito especial, porque meu pai sempre foi o meu ídolo, o meu norte. Poder estar ao lado dele em um jogo de futebol é muito especial", disse ao Esporte na Band. 

"Eu e meu pai nos falamos se não todos os dias várias vezes por semana. Conversamos sobre assuntos particulares e de futebol, é a nossa vida. Eu trabalhei ao lado dele por dez anos, e uma coisa que ele me ensinou foi a organização. A excelência no trabalho e na execução", acrescentou.

Eduardo Baptista, inclusive, se reencontrou na carreira no comando do Novorizontino, onde completará 83 jogos neste sábado, já somando 41 vitórias. Em 2023, quase levou o Tigre a um acesso inédito para a primeira divisão, acabando a Série B na quinta posição, com 63 pontos, apenas um a menos que Atlético Goianiense e Criciúma. 

Já Nelsinho Baptista, após mais de uma década no Japão, vai para o seu terceiro jogo no comando da Ponte Preta. Até agora soma uma vitória por 4 a 2 contra o CRB e uma derrota por 2 a 0 diante do América Mineiro. 

Apesar de todo o histórico e emoção familiar, Novorizontino e Ponte Preta precisam vencer para se consolidar com maiores objetivos na Série B. O Novorizontino vem de quatro jogos de invencibilidade e está no meio da tabela, com 14 pontos. Já a Ponte Preta é o 14º colocado, com 9 pontos conquistados. 



Comentários

Quer comentar? Basta registrar-se!
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…

ARTIGOS DO MESMO AUTOR

Passadas 12 rodadas do Brasileirão, o Bahia tem sido a grande surpresa da competição, com campanha digna de um campeão. O Tricolor venceu seus últimos dois jogos, ...
27-06-2024 22:04
Na sexta-feira, o Atlético Goianiense anunciou a demissão do técnico Jair Ventura após 10 meses de trabalho. Como em muitas outras vezes no Brasil, o treinador parece ...
21-06-2024 21:11
Diferente do ano passado, em 2024, os torcedores do Bahia têm motivo de sobrar para sorrir na largada do Brasileirão. O Tricolor, do técnico Rogério Ceni e agora comandado ...
08-06-2024 15:12