Siga o instagram do oGol
bet365
Molho Inglês
Playmakerstats.com
2024/02/09
E0
Stephen Gillett, Richard Cole e Alex Lawes adicionam um pouco de "Molho Inglês" para oGol. A coluna é dedicada ao futebol inglês - seja no cenário de clubes ou seleção. Do "Dog and Duck" a Wembley, de Gazza a Wazza, o Playmaker pretende trazer-lhe novos ângulos sobre as histórias que importam.

Entre novembro e o início de dezembro, o Manchester City enfrentou alguns obstáculos em sua busca pelo sonhado duplo triplete. Com apresentações abaixo do esperado, resultados duvidosos e problemas de lesão, parecia que a temporada dos Cityzens seria marcada pela frustração.

Uma série de quatro jogos sem vitória, que poderia ser de seis se não fosse uma dramática reviravolta no segundo tempo contra o Luton em Kenilworth Road, parecia prestes a minar os objetivos da temporada. Porém, ao que parece, o City estava apenas esperando o momento certo para mostrar sua força, algo que tem se tornado característico na era de Guardiola no Etihad.

Na reta final de 2023/24, o Manchester City tem um confronto bastante acessível nas oitavas da Liga dos Campeões contra o Kopenhagen. Além disso, o time também fugiu de rivais mais complicados na quinta rodada da Copa da Inglaterra e vai jogar contra aquele mesmo o Luton; no meio disso está uma corrida pelo título da Premier League cada vez mais sob controle.

E se a sorte não havia sorrido no início da temporada, com os problemas de lesões, é impressionante notar agora o inverso: jogadores como Manuel Akanji, John Stones, Jeremy Doku, Kevin De Bruyne e Erling Braut Haaland retornaram à equipe titular, fazendo do City o único da Premier League sem jogadores machucados.

A vitória por 3 a 1 de virada sobre o Brentford na semana passada significa que, agora, eles desfrutaram de nove vitórias consecutivas em todas as competições, marcando 27 gols nessa série - além de ter conquistado o Mundial de Clubes, com triunfos contra o Urawa Red Diamonds e o Fluminense.

Em 31 jogos em todas as competições até agora nesta temporada, o Manchester City marcou três ou mais gols em 20 oportunidades, mesmo sem alcançar todo seu potencial justamente por aqueles problemas (superados) de lesões.

O legado de Guardiola permanece intacto. Ele é o homem que revolucionou taticamente o futebol na Era Moderna. Agora, com todos os recursos à sua disposição, ele está determinado a provar que é o melhor, conquistando troféus incansavelmente, usando todos os meios possíveis.

A estética talvez não seja mais tão importante como nos primeiros dias de Guardiola no City, mas agora ele se mostra não apenas um mestre tático, mas também um pragmático astuto. A estrutura tática e o aumento na habilidade técnica do time desde sua chegada à Inglaterra continuam evidentes, mas Guardiola também soube se adaptar e evoluir para lidar com os desafios físicos do futebol inglês. Assim, acabou construindo um time invencível.

O City, hoje, pode não ser tão espetacular de assistir como no início da era Guardiola, mas este é um time extremamente eficiente, que parece caminhar com facilidade em direção a um dos feitos mais notáveis da história do futebol.

*Texto escrito por Alex Lawes



Comentários (0)
Quer comentar? Basta registrar-se!
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…

ARTIGOS DO MESMO AUTOR

Esta semana foi de desfecho agridoce para Roy Hodgson no Crystal Palace e, muito provavelmente, para a carreira do técnico veterano. Hodgson deve se afastar do cargo por ...
16-02-2024 12:54E1
Nesta sexta-feira pela manhã, havia apenas um nome nos lábios dos torcedores do Manchester United ao redor do mundo: Kobbie Mainoo. Uma lesão na pré-temporada ...
02-02-2024 13:39
Na manhã da última sexta-feira (26), o treinador do Liverpool, Jurgen Klopp, fez um dos anúncios mais chocantes da temporada: deixará o clube ao fim de 2023/24. O ...
29-01-2024 07:48