Análise e Estatísticas do Fluminense como visitante no Brasileirão 2022

04/08/2022

O Campeonato Brasileiro é uma competição longa, com 38 rodadas, e para se manter entre as melhores equipes é necessário pontuar dentro e fora de casa. Muitas vezes, o desempenho longe de seus domínios é o diferencial para que uma equipe tenha êxito na briga pelo título ou vaga direta na Copa Libertadores.

E quando falamos do tema precisamos citar o Fluminense como visitante. Atrás apenas do líder Palmeiras, os comandados de Fernando Diniz têm a segunda melhor campanha quando atuam na casa dos adversários, conquistando pontos fundamentais para as pretensões da equipe. E os bons resultados fora se estendem para a Copa do Brasil. É uma marca interessante para o Tricolor das Laranjeiras em 2022, uma carta na manga.

Um indigesto visitante

O Fluminense como visitante no Campeonato Brasileiro soma 15 pontos de 27 possíveis, um ótimo número. Foram quatro vitórias, três empates e duas derrotas em todo o primeiro turno, anotando 11 e sofrendo nove gols.

E uma das derrotas foi quando o clube ainda não era comandado por Fernando Diniz, levando 3 a 2 no Couto Pereira, diante do Coritiba. Já o outro duelo, único resultado negativo do Fluminense fora de casa pelo Brasileirão com o treinador comandando, foi diante do Juventude, em confronto marcado por muita chuva e condições precárias do gramado.

Entre as vitórias fora de casa do Tricolor das Laranjeiras no Brasileirão, a equipe venceu o Fortaleza no Castelão, por 1 a 0, e o Cuiabá na Arena Pantanal, pelo mesmo placar. Outra vitória pelo placar mínimo foi diante do Botafogo no clássico disputado no Nilton Santos.

No Estádio Serrinha, o Fluminense encarou o Goiás e fez mais uma grande partida, voltando com três pontos na bagagem após o triunfo por 3 a 2. O clube carioca também segurou o América Mineiro no Independência e o São Paulo no Morumbi, somando dois pontos preciosos.

Outro ponto conquistado e muito comemorado foi no Allianz Parque. Desde 2014, quando o Palmeiras inaugurou a sua Arena, o Fluminense jamais havia conseguido somar pontos no local, perdendo todos os jogos. Porém, pelo primeiro turno do Brasileirão 2022, o Tricolor conseguiu ficar no 1 a 1 e voltou para casa com um interessante tabu quebrado e um ponto importante.

Tricolor mantém retrospecto em outras competições

As estatísticas do Fluminense como visitante também são boas em outras competições, além do Campeonato Brasileiro. Na campanha do título Estadual, foram seis vitórias e um empate, terminando o Campeonato Carioca invicto fora de casa.

Pela Copa do Brasil o Fluminense venceu o Vila Nova por 2 a 0 no Serra Dourada, pela 3ª fase. Nas oitavas de final aplicou 3 a 0 no Cruzeiro em pleno Mineirão lotado e, por fim, venceu o Fortaleza por 1 a 0 no Castelão, pela ida das quartas de final.

O pior desempenho do Flu em 2022 fora de casa é na Sul-Americana, e ainda assim não pode ser considerado ruim. A equipe acabou perdendo para o Junior Barranquilla, da Colômbia; empatou sem gols com o Unión, da Argentina; e aplicou uma goleada histórica diante do Oriente Petrolero, da Bolívia, vencendo por 10 a 1.

Estilo de jogo favorece jogos fora de casa

Apesar do desempenho ser bom desde o início da temporada, o estilo de jogo do treinador Fernando Diniz acaba favorecendo para os jogos como visitante no Fluminense. Sob o comando do treinador, o Tricolor procura sempre ficar com a posse de bola, inclusive trocando passes dentro do próprio sistema defensivo.

A tática ousada faz muitas vezes os torcedores dos adversários obrigarem os seus jogadores a pressionar, e é aí que está a armadilha de Fernando Diniz. Com a subida das linhas adversárias, o Fluminense consegue utilizar as tabelas para armar rápidas jogadas de ataques.

André e Paulo Henrique Ganso costumam ditar o ritmo no meio-campo e os laterais sobem para dar opção de passe. Na frente, sempre um jogador rápido, como Jhon Arias, se torna opção de escape. Esperando para definir no último toque, o artilheiro Germán Cano não costuma perder oportunidades e, quando está bem marcado, serve de garçom para a chegada dos meio-campistas que pisam na área.

Na teoria tudo parece simples, mas o Fluminense tem muitos méritos por conseguir colocar isso em prática. Além disso, o estilo de jogo de posse de bola e toques rápidos é conhecido por todos, mas a variação é mais um mérito dos jogadores e do treinador, criando oportunidades por todos os cantos do campo.

Em casa, o desempenho do Fluminense também é bom. Porém, é natural que o adversário vá mais fechado, dificultando um pouco mais a situação e diminuindo o espaço de jogo, muitas vezes marcando na tática conhecida como meio-campo. Com isso, é natural que fora de casa o Tricolor consiga até mesmo criar mais oportunidades e o resultado vem sendo satisfatório.

Bom desempenho fora torna-se excelente para apostadores

O bom desempenho do Fluminense fora de casa acaba criando uma ótima opção para os apostadores. É natural que longe de seus domínios as cotações fiquem bem elevadas para a vitória do Tricolor, portanto, os ousados podem decidir por realizar entradas neste mercado.

Porém, existem outras opções interessantes e com mais cautela. Por exemplo, a dupla hipótese. Com ela, o apostador pode ganhar em caso de vitória do Flu ou empate, aumentando as probabilidades de êxito.

Na mesma linha, existe o DNB, ou se preferir, empate anula. Com essa opção, caso o jogo termine empatado o valor investido é reembolsado. Por fim, uma opção interessante é utilizar o handicap. A opção Fluminense +1 dá uma boa segurança ao apostador. Com ela, em caso de vitória ou empate do Tricolor a aposta é ganha e, se perder por um gol, a entrada é anulada.

Portanto, essas são algumas opções de apostas interessantes no Fluminense fora de casa, cada uma com o seu risco e cotações variando com a probabilidade. Jamais aposte sem realizar análises e jogue sempre com muita responsabilidade.