Método Martingale: Boa estratégia para apostas esportivas?

23/11/2021

Uma das magias das apostas é o seu leque de variedades, e isso inclui desde as diversas opções de esportes, jogos, até as mais variadas estratégias. E, quando falamos delas, o método Martingale é uma opção interessante. Afinal, você conhece esse método e sabe como utilizá-lo?

Então fique ligado neste guia com tudo o que você precisa saber sobre o método Martingale nas apostas esportivas!

Método Martingale, o que é e como utilizar nas apostas esportivas?

O Método Martingale é muito utilizado em cassinos, porém, também é possível que seja incrementado nas apostas esportivas. A ideia dele é de que um resultado não irá se repetir para sempre e, dessa forma, mesmo que perca uma entrada, o apostador segue na mesma linha, dobrando o valor de entrada até o acerto.

Em cassinos, ele é comum na roleta, apostando sempre em uma cor, mas com o diferencial de ter 50% de chance de acerto, o que aumenta as probabilidades de ganhos. Dessa forma, se perder o apostador dobra a aposta e segue no processo até ganhar. Quando tiver uma aposta vencedora, ele recupera tudo o que foi perdido e ainda pode lucrar.

Portanto, você irá definir um valor inicial. Aposte, e caso vença, siga apostando o mesmo valor. Se perder, dobre a aposta, sempre em um evento com a mesma cotação, que deve ser estabelecida antes de começar o processo da sua estratégia.

Sempre que perder, você irá dobrar, até conseguir vencer. Quando conseguir o triunfo, recomeça com o valor estabelecido na sua aposta inicial, repetindo o mesmo ciclo.

Diferentemente dos cassinos, as apostas esportivas oferecem mais opções e, com isso, maiores riscos no Método Martingale, já que o sistema de 50% de chance não é o mesmo. Por exemplo, no futebol, se olharmos para o mercado tradicional de vencedor do confronto teremos três opções, já que existe o empate. Mas a linha de pensamento é idêntica, é preciso dobrar a aposta após perder, e manter o valor inicial sempre que acertar.

Portanto, se você pretende utilizar o Método Martingale como trade esportivo, não é interessante que se prenda a um único mercado, mas sim que encontre eventos com uma odd específica, e em seguida, siga a mesma linha de cotações.

Exemplos de Método Martingale nas apostas esportivas

Imaginando uma cotação @2.00 de retorno em cada aposta, vamos para um exemplo com o apostador acertando 50% das entradas.

Rodada

Valor da aposta

Resultado

Lucro total

1 R$ 10 Perdeu – R$ 10
2 R$ 20 Perdeu – R$ 20
3 R$ 40 Perdeu – R$ 40
4 R$ 80 Perdeu – R$ 80
5 R$ 160 Ganhou R$ 80
6 C Ganhou R$ 90
7 R$ 10 Ganhou R$ 100
8 R$ 10 Perdeu R$ 90
9 R$ 10 Ganhou R$ 100
10 R$ 10 Ganhou R$ 110

Como podemos observar no exemplo acima, usando o método Martingale com cotações @2.00, o nosso apostador teria um lucro de R$ 110,00, obtendo 50% de aproveitamento em 10 apostas. Porém, se ele não tivesse uma banca alta, poderia ter quebrado no meio do procedimento.

Portanto, para começar o valor da stake não precisa ser alto, porém, a banca necessita ter valores mais elevados, já que nunca sabemos quando a vitória de fato virá. Seguindo a mesma linha e as mesmas cotações, vamos para um exemplo onde o apostador terá apenas 10% de acerto.

Rodada

Valor da aposta

Resultado

Lucro total

1 R$ 10 Perdeu – R$ 10
2 R$ 20 Perdeu – R$ 20
3 R$ 40 Perdeu – R$ 40
4 R$ 80 Perdeu – R$ 80
5 R$ 160 Perdeu -R$ 160
6 R$ 320 Perdeu -R$ 320
7 R$ 640 Perdeu -R$ 640
8 1280 Perdeu -R$ 1280
9 R$ 2560 Perdeu -R$ 2560
10 R$ 5120 Ganhou R$ 2560

Com apenas 10% de acerto, o lucro seguindo a estratégia foi sensacional, chegando a R$ 2560,00. Porém, para isso, foi necessário ter uma banca bastante elevada e, se a 10ª aposta fosse perdedora, o valor da 11ª ultrapassaria os R$10.000,00. Portanto, o risco de quebrar a banca com o método Martingale é real e, dependendo do tamanho da sua banca, pode ocorrer em poucas rodadas de apostas.

E se diminuirmos a cotação?

Vamos para um exemplo utilizando cotações menores, com odds @1.50, e mantendo a mesma média de 50% de aproveitamento do exemplo 1, e na mesma situação das 10 entradas.

Rodada

Valor da aposta

Resultado

Lucro total

1 R$ 10 Perdeu – R$ 10
2 R$ 20 Perdeu – R$ 20
3 R$ 40 Perdeu – R$ 40
4 R$ 80 Perdeu – R$ 80
5 R$ 160 Ganhou R$ 0
6 R$ 10 Ganhou R$ 5
7 R$ 10 Ganhou R$ 10
8 10 Perdeu R$ 0
9 R$ 10 Ganhou R$ 5
10 R$ 10 Ganhou R$ 10

Como podemos observar, com cotações @1.50 o Método Martingale já não ficou muito interessante, pois o lucro foi de apenas R$ 10,00 e o risco de quebra foi o mesmo do primeiro exemplo. Portanto, para utilizar essa estratégia em apostas esportivas, a cotação de @2.00 é apontada como ideal, já que possibilita um retorno maior e ainda mantém boas probabilidades, já que não são entradas impossíveis.

Posso explorar cotações maiores?

Alguns apostadores podem ser mais agressivos, buscando cotações na casa dos @3.00, por exemplo. Porém, como todos sabem, quanto maiores forem as odds, maiores serão os possíveis retornos, porém, a probabilidade de êxito diminui. Portanto, o ideal é seguir mesmo na linha da cotação @2.00, que representa um valor interessante com boa probabilidade, sendo completamente possível manter uma porcentagem de 40% a 60% de acerto.

Para isso, seja utilizando o Método Martingale ou qualquer outro, lembre-se de sempre analisar os jogos com tranquilidade, olhando os retrospectos e apenas após chegar à conclusão que é uma boa opção, faça o seu bilhete. Uma boa dica é recorrer a portais que tenham equipes especializadas em prognósticos.

Conclusão

O Método Martingale pode sim ser uma boa estratégia para as apostas esportivas, mas ele tem os seus prós e contras. O primeiro ponto que devemos ficar de olho é na questão da limitação, já que as casas de apostas podem limitar o apostador até um valor específico.

Dessa forma, se enfrentar uma maré grande de azar, mesmo que tenha um ótimo valor em caixa, se for limitado e não conseguir seguir a estratégia fielmente poderá perder um bom dinheiro.

Além disso, indicamos essa estratégia apenas para pessoas que consigam ter uma banca consideravelmente elevada, com boa margem para erros, já que em apostas esportivas não existe 100% de certeza em nenhuma entrada.

Por fim, o Método Martingale pode ser sim uma boa opção, mas todos que optarem por ele devem entrar sabendo dos riscos, contando com uma banca elevada, procurar manter sempre a calma, e claro, não fazer apostas no impulso, sem análises prévias.