Siga o instagram do oGol
        bet365
        Posse de BolaChutes (a gol)Escanteios
        50% 50%(4) 8 8 (2)4 3
         
        Brazil 0-1 Argentina
         
        Encerramos por aqui a cobertura do clássico entre Brasil e Argentina. Continue acompanhando os conteúdos no site do oGol. Até mais!
         
        Nicolás Otamendi (ARG) foi considerado o melhor jogador em campo pela equipe oGol.
         
        A Argentina retoma a liderança das Eliminatórias e chega aos 15 pontos. O Brasil cai para sexto e fica com sete pontos.
         
        O Brasil perde a terceira consecutiva nas Eliminatórias e termina a temporada com cinco derrotas.
         
        Festa da Scaloneta no Maracanã! Os jogadores se juntam ao torcedor e comemoram a vitória.
         
        Pela primeira vez na história, a seleção brasileira passa quatro jogos de Eliminatórias sem vencer.
        90'
        +6
        O árbitro apita para o final da partida
        90'
        +6
         
        Douglas Luiz perde a bola no meio-campo. Lautaro Martínez tenta do meio-campo e Alisson segura firme.
        90'
        +5
         
        Douglas Luiz arrisca de fora da área e Dibu Martínez defende em dois tempos.
        90'
        +4
         
        A Argentina troca passes no campo de ataque, enquanto as arquibancadas entoam o cântico de "Olé"
         
        Carlos Ramos
        Tivemos futebol só no segundo tempo. E o Brasil era melhor com a bola nos pés. Mas o futebol é tão caótico quanto as cenas que vimos nas arquibancadas. É, também, cruel. Otamendi, de cabeça, impõe ao Brasil a primeira derrota da seleção em casa na história das Eliminatórias.
        90'
        +2
         
        Di Maria recebe livre pela direita, ajeita para o meio e perde tempo na finalização.
        90'
        O árbitro dá mais 6 minutos
        89' 
        O Brasil troca passes na intermediária e não encontra espaço. Raphael Veiga cruza forte demais e facilita para Dibu Martínez.
         
        Em 65 jogos, essa pode ser a primeira derrota brasileira em casa nas Eliminatórias. Foram 51 vitórias e 13 empates antes do primeiro revés.
        88' 
        Mesmo em desvantagem numérica, o Brasil ensaia uma pressão e empurra a Argentina para o campo de defesa.
        86' 
        Soberano dentro da área, Otamendi corta mais uma cruzamento venenoso do Brasil.
         
        O Brasil vai conhecendo sua primeira derrota em casa na história das Eliminatórias.
          
        Joelinton se enrosca com Rodrigo De Paul e empurra o volante argentino, que coloca a mão no rosto. O árbitro mostra o cartão vermelho direto.
        82'
        Cartão vermelho para Joelinton (Brasil)

        Joelinton recebe o seu 1º vermelho na competição (3 jogos):
        81' 
        Joelinton erra na saída de bola, Mac Allister recupera a bola e chuta forte. A bola toca em Lautaro e sai pela linha de fundo,
          
        O gol de Otamendi.

        79' 
        Gabriel Jesus limpa para o meio e cruza para Endrick. Antes da joia brasileira, Otamendi corta e afasta o perigo.
        79'
        Brasil: Douglas Luiz(entra) - Bruno Guimarães(sai)

        Douglas Luiz participa no seu 2º jogo na competição (2ª vez que entra no decorrer da partida)

        Douglas Luiz faz o seu 11º jogo pela seleção (0 golos)
        79'
        Brasil: Raphael Veiga(entra) - Gabriel Martinelli(sai)

        Raphael Veiga participa no seu 3º jogo na competição (3ª vez que entra no decorrer da partida)
        78'
        Argentina: Lautaro Martínez(entra) - Julián Álvarez(sai)

        Lautaro Martínez participa no seu 6º jogo na competição (4ª vez que entra no decorrer da partida)
        78'
        Argentina: Ángel Di María(entra) - Lionel Messi(sai)

        Ángel Di María participa no seu 4º jogo na competição (3ª vez que entra no decorrer da partida)
         
        No último jogo da rodada, o Peru abre o placar com Yotún e vai vencendo a Venezuela por 1 a 0.
        73' 
        O Brasil recupera a bola na intermediária de ataque. Rodrygo trabalha pela direita e cruza forte na frente do gol, mas ninguém aparece para completar.
        72'
        Brasil: Joelinton(entra) - Gabriel Magalhães(sai)

        Joelinton participa no seu 3º jogo na competição (3ª vez que entra no decorrer da partida)
        72'
        Brasil: Endrick(entra) - Raphinha(sai)

        Endrick participa no seu 2º jogo na competição (2ª vez que entra no decorrer da partida)
        71' 
        Bruno Guimarães busca o lançamentos para Emerson Royal e toca forte demais. A torcida perde a paciência e vaia o lance.
         
        Fernando Diniz chama Endrick e anima a torcida no Maracanã.
        70'
        Argentina: Leandro Paredes(entra) - Giovani Lo Celso(sai)

        Leandro Paredes participa no seu 4º jogo na competição (4ª vez que entra no decorrer da partida)
        70'
        Argentina: Nicolás González(entra) - Enzo Fernández(sai)

        Nicolás González participa no seu 6º jogo na competição (1ª vez que entra no decorrer da partida)

        Nicolás González faz o seu 30º jogo pela seleção (5 golos)
         
        Público total: 68.138 torcedores no Maracanã!
        66'
        Argentina: Nicolás Tagliafico(entra) - Marcos Acuña(sai)

        Nicolás Tagliafico participa no seu 6º jogo na competição (1ª vez que entra no decorrer da partida)
        67' 
        O Brasil tenta dar a resposta imediata. Raphinha recebe novamente nas costas de Acuña, cruza fechado e Dibu Martínez fica com a bola.
         
        Carlos Ramos
        O futebol e todas as suas facetas. Justamente quando o Brasil era melhor, depois de Martinelli ter desperdiçado ótima chance, Otamendi, na bola parada, abre o placar para os argentinos. Gol de Otamendi de cabeça no Maracanã. Com requintes de crueldade, a Albiceleste sai na frente.
         
        Nicolás Otamendi marca seu sexto gol com a camisa da seleção argentina em 109 jogos. É o segundo do defensor nesta edição das Eliminatórias.
         
        A bola área funciona para os Hermanos. Otamendi se livra da marcação de André, sobe mais do que Gabriel Magalhães e testa no ângulo de Messi. Argentina em vantagem!
        63'
        0-1
        GOL Argentina!
        Nicolás Otamendi marca


        Nicolás Otamendi marca o seu 2º gol na competição (6 jogos):
        61' 
        Julián Álvarez dispara pela ponta e temporiza em Messi. La Pulga tenta o arremate e explode na marcação.
         
        Carlos Ramos
        E temos futebol no segundo tempo, quem diria! Nino, com André, conseguiu dar mais entrosamento na primeira fase de construção da seleção. Gabriel Jesus entrou no jogo, e Martinelli segue bem.
        58'
        Brasil:

        Grande arrancada de Gabriel Jesus, que passa por dois e tromba com Otamendi na hora da finalização. A bola sobra à feição para Martinelli, que para em Dibu Martínez. Grande chance!
        56' 
        Mac Allister cruza na área, buscando Messi no segundo poste e Gabriel Magalhães se antecipa para afastar.
        54'
        Brasil:

        Bruno Guimarães encontra belo lançamento e aciona Raphinha por trás da marcação. O atacante brasileiro se estica, domina quase desequilibrado e chuta em cima de Dibu Martínez.
        53' 
        André arranca pela direita e é derrubado por Enzo Fernández.
        52' 
        A seleção de Diniz pressiona pela esquerda. Martinelli e Carlos Augusto trabalham pela ponta, procuram a finalização e não conseguem o arremate.
        49' 
        O Brasil recomeça a partida subindo a marcação e provocando erros de passe da Argentina na saída de bola.
        48' 
        Primeira chegada do Brasil. Rodrygo inicia a jogada e corre para a área, Bruno Guimarães cruza na meia-altura, mas o atacante brasileiro não alcança.
        47' 
        Cobrança fechada de Enzo Fernández. Gabriel Magalhães e Otamendi sobem para dividir e o defensor brasileiro desvia pela linha de fundo, mas o árbitro marca falta do zagueiro argentino.
        47' 
        A Argentina escapa pela direita e conquista o primeiro escanteio da etapa final.
        46'
        Começa o 2º tempo
         
        A Argentina volta sem mudanças.
        46'
        Brasil: Nino(entra) - Marquinhos(sai)

        Nino participa no seu 1º jogo na competição (1ª vez que entra no decorrer da partida)
          
          
        Intervalo prolongado até aqui. Equipes começam a voltar só agora.
         
        Primeiro tempo teve apenas um arremate no alvo. Chute de Martinelli que Romero salvou em cima da linha. Fora isso, muito pouco futebol.
          
        Com a vitória celeste e o empate parcial entre Brasil x Argentina, o Uruguai vai assumindo a liderança das Eliminatórias

         
        Resultados dos jogos encerrados na rodada:

        Paraguai 0x1 Colômbia
        Equador 1x0 Argentina
        Uurguai 3x0 Bolívia
         
        Carlos Ramos
        Depois dos 30 minutos, começamos a ver algo parecido com futebol. Já perto do intervalo, o Brasil criou as únicas chances. Raphinha ameaçou em cobrança de falta, e Martinelli chegou perto em arremate na área cortado em cima da hora por Romero. Mas foi duro de analisar, em termos táticos e até técnicos, esse primeiro tempo de Brasil e Argentina. Que as duas equipes voltem dispostas a jogar futebol na segunda parte. Futebol foi o que menos se viu no Maracanã nesta noite.
        45'
        +3
        Acabou o 1º tempo.
        45'
        +2
         
        Rodrigo De Paul sofre mais uma falta na intermediária de defesa.
        45'
        O árbitro dá mais 3 minutos de acréscimos
        44'
        Brasil:

        Salva Romero! Raphinha levanta na área, Dibu corta parcialmente e Martinelli acerta um belo chute de fora da área. A bola passa pelo goleiro e Romero evita o gol em cima da linha.
        43' 
        De Paul erra passe e Raphinha puxa o ataque. Rodrygo recebe pela esquerda, limpa pro meio e bate. A bola desvia e sai para escanteio.
        41' 
        A Argentina envolve a seleção brasileira na troca de passes, até Émerson Royal cortar de carrinho. André tenta iniciar o contragolpe, mas Molina recupera bem.
        39' 
        Após cobrança de escanteio, Magalhães desvia no primeiro poste e deixa a bola viva dentro da área. A defesa argentina chega antes e afasta o perigo.
         
        Brasil:

        Raphinha cobra com capricho, a bola raspa na barreira e passa perto do travessão de Martínez.
        37' 
        Bruno Guimarães recebe na frente da área, tenta o giro e é atropelado por Mac Allister. Falta perigosa para a Canarinho. Raphinha na bola!
          
        Por enquanto nada de gols no Maraca!

        35' 
        Lançamento longo para Rodrygo. O atacante quase desvia e engana Dibu Martínez, que abandona a meta e corta a bola fora da área.
        34'
        Cartão amarelo para Carlos Augusto (Brasil)

        Carlos Augusto recebe o seu 1º amarelo na competição (2 jogos)
        34' 
        Emerson Royal aparece bem pelo meio, mas toca errado no meio e ninguém completa.
        33' 
        Gabriel Martinelli enfileira marcadores pelo lado esquerdo e solta errado pelo meio.
         
        Carlos Ramos
        Ainda se procura o futebol no Maracanã. Depois dos 30 minutos, as equipes pareceram articular melhor as jogadas. As faltas diminuíram um pouco. Mas se fôssemos falar de chances de gol, ficaríamos em silêncio. Pelo menos até aqui.
        32' 
        Mac Allister carrega pelo meio e tenta o passe pelo meio, mas ninguém aparece para continuar o lance.
        31' 
        Raphinha repete a jogada pela direita e tenta a inversão para Rodrygo. A bola sobe demais e ganha a linha de fundo.
        29' 
        André domina com liberdade e lança buscando Raphinha. O passe sai alto demais e Dibu Martínez agarra com tranquilidade.
        28' 
        Boa trama da Argentina e Acuña encontra Lo Celso dentro da área. O meia argentino engatilha a batida de primeira e André tira de carrinho.
        25' 
        Messi avança pela canhota, tenta o tocar na área e sofre o corte da marcação.
        23' 
        A Argentina troca passes no meio-campo e esfria a intensidade brasileira.
        21' 
        Raphinha rouba a bola na ponta direita e ajeita para Bruno Guimarães, que tenta invadir a área, mas adianta demais e permite o corte de Romero.
        19' 
        A pedido de Fernando Diniz, a seleção sobe a marcação e dificulta a saída de jogo da argentina, que tenta valorizar a posse de bola.
        17' 
        Agora é a vez de Rodrigo De Paul chegar atrasado em Bruno Guimarães na frente do banco de reservas brasileiros. Jogadores e comissão técnica pedem cartão.
        15' 
        Raphinha também deixa o braço no rosto de Rodrigo De Paul e fica amarelado. O atacante estava pendurado e fica suspenso no próximo compromisso brasileiro.
        14'
        Cartão amarelo para Raphinha (Brasil)

        Raphinha recebe o seu 2º amarelo na competição (4 jogos)
        13' 
        Tentativa de jogada ensaiada no lance do escanteio, mas a defesa albeceleste evita a finalização.
        12' 
        Raphinha escapa pela direita e arranca o primeiro escanteio para o Brasil.
        10' 
        Chegamos aos dez minutos de jogos sem finalizações no alvo e com sete faltas cometidas.
         
        A torcida brasileira intensifica as vaias quando a bola chega aos pés de Lionel Messi.
        7' 
        No reinício da partida, Messi cruza na área e a defesa brasileira afasta. No rebote, MacAllister chuta à esquerda de Alisson.
        6'
        Rodrigo De Paul recebe atendimento médico. O volante está com o nariz sangrando. Precisou troca de camisa.
        6' 
        Gabriel Jesus deixa o braço no rosto de Rodrigo De Paul e recebe o primeiro amarelo.
         
        Carlos Ramos
        O futebol, mais uma vez, é um reflexo da sociedade. Temperatura alta, também, no gramado. Entradas duras, discussões, cartão amarelo, jogador sangrando em campo. Em menos de cinco minutos. Será que veremos, afinal, algo parecido com futebol, ainda nesta noite, no Maracanã?
        5'
        Cartão amarelo para Gabriel Jesus (Brasil)

        Gabriel Jesus recebe o seu 2º amarelo na competição (5 jogos)
        4' 
        A Argentina devolve o contragolpe. Álvares recebe pela esquerda, invade a área e chuta em cima de Emerson Royal.
        3' 
        A partida começada travada. São quatro faltas em três minutos de bola rolando.
        2' 
        Chega primeiro o Brasil. Martinelli dispara pela direita e ajeita para Gabriel Jesus, que tenta cruzar para o meio da área. A defesa argentina se antecipa e corta o lance.
        1'
        Após 30 minutos de atraso, começa a partida!
          
        Equipes preparadas, a bola vai finalmente rolar no Maracanã.
         
        Serão 10 minutos de aquecimento para as seleções antes do apito inicial.
          
        Clima quente também no gramado. Rodrygo e De Paul batem boca no círculo central. Jogadores chegam para acalmar os ânimos e afastar os jogadores.
          
        Jogadores da Argentina também retornam ao gramado para realização do aquecimento.
          
        Comissão técnica da seleção argentina retorna ao gramado. Indicativo de reinício da partida.
          
        Dirigentes da Federação Argentina se aproximam do local de início das brigas para verificar o cenário pós-confusão.
          
        Assessor da CBF, Rodrigo Paiva, repassa à imprensa pedido da Argentina para aguardar 15 minutos, enquanto a situação se acalma.
          
        Capitão da seleção brasileira, Marquinhos, que se aproximou dos argentinos no momento da confusão, disse que havia familiares dos atletas no meio da confusão.
          
        Fernando Diniz reúne os jogadores brasileiros no centro do campo. Os agentes da Conmebol conversam com a arbitragem.
          
        Jogadores brasileiros aquecem no gramado. Argentinos no vestiário, sem indicação de retorno.
          
        Enquanto os jogadores argentinos rumam para o vestiário, os ânimos voltam a esquentar nas arquibancadas e a confusão continua.
          
        Messi sinaliza que argentinos vão deixar o campo. Lidera jogadores para fora.
          
        Chegamos aos 15 minutos de atraso do início da partida e as confusões seguem acontecendo entre policiais e torcedores.
          
        Alguns torcedores da Argentina pularam para dentro do gramado do Maracanã. Os jogadores se aproximam da confusão pedindo pelo fim das brigas.
          
        Jogadores argentinos, neste momento, reclamam da ação de seguranças e da polícia. Estão bem perto da confusão. Briga não para.
          
        Briga generalizada nas arquibancadas. Partida ainda não iniciada.
          
        Lamentável vermos, mais uma vez, cenas violentas entre torcedores argentinos e brasileiros no Rio. Confusão neste momento nas arquibancadas do Maracanã. Pouco antes de a bola rolar.
         
        Tudo pronto no Maracanã. A bola vai rolar!
         
        Carlos Ramos
        Seleção brasileira sofreu muito com ataques pelos corredores laterais no último jogo. Diferentemente da Colômbia, Argentina não tem, hoje, jogadores com características de atacar tanto a profundidade. Busca, por outro lado, superioridade numérica pelo meio. Teoricamente. A ver na prática como os times funcionam.
         
        A equipe de arbitragem é formada por:

        Árbitro: Piedro Maza (CHI)

        Assistentes: Claudio Urrutia (CHI) e Miguel Rocha (CHI)

        VAR: Juan Lara (CHI)
         
        As duas seleções estão perfiladas no gramado do Maracanã. Vamos aos hinos nacionais!
          
        Confira as escalações para o clássico:

         
        Aposta de Diniz!

        Recuperado de lesão, Gabriel Jesus retorna à seleção brasileira e assume a titularidade no comando do ataque. O camisa 9 tem 19 gols em 63 jogos com a Amarelinha.
          
         
        O duelo de hoje inicia com 8 remanescentes da última vez que Brasil x Argentina se enfrentaram no Marananã. Naquela oportunidade, os Hermanos venceram por 1 a 0 e levantaram o título da Copa América.

        Brasil: Marquinhos
        Argentina: Dibu Martínez, Cristián Romero, Otamenti, Acuña, Rodrigo De Paul, Giovanni Lo Celso e Lionel Messi.
         
        Equilíbrio recente!

        Nos últimos dez jogos entre Brasil e Argentina, foram quatro vitórias da Canarinho e quatro dos Hermanos, com dois empates.
         
        Carlos Ramos
        Não é loucura, nem antipatriotismo, dizer que vai ao Maracanã para ver o Messi jogar. É o gênio de uma geração. E pode ser a última vez dele pisando no palco sagrado do futebol brasileiro. Momento único. Não são todos que podem dizer que o viram em estádio tão icônico. É pra ver, e curtir. Se deliciar até quando for possível. Até quando a mortalidade, mesmo das lendas, nos permitir.
         
        The Last Dance no Maraca?! Lionel Messi pode estar fazendo sua última partida no palco onde conquistou a Copa América, primeiro título com a seleção argentina.
         
        Tentativa de reconstrução? O Brasil recebe a Argentina na tentativa de esquecer o momento atual. A Canarinho saiu derrotada dos últimos dois compromissos contra Colômbia e Uruguai. Com Fernando Diniz, a seleção inicia a rodada na quinta colocação, com sete pontos.
         
        Líder das eliminatórias, a Argentina chega para o clássico após perder sua invencibilidade pós-título mundial. La Scaloneta foi derrotada pelo Uruguai na última rodada na Bombonera. Ainda assim, segue na ponta da tabela, com 12 pontos, e quatro vitórias em cinco jogos.
         
        Uploaded image

        Seleção brasileira aquece no gramado do Maracanã. Público também vai chegando.

         
        Com Acuña e Lo Celso, Lione Scaloni define a seleção argentina: Dibu Martínez; Molina, Romero, Otamendi e Acuña; Enzo Fernández, Mac Allister, De Paul e Lo Celso; Messi e Julián Álvarez.
         
        Com o retorno confirmado de Gabriel Jesus, a seleção brasileira está escalada: Alisson; Emerson Royal, Marquinhos, Gabriel Magalhães e Carlos Augusto; André e Bruno Guimarães; Raphinha, Rodrygo, Gabriel Jesus e Gabriel Martinelli.
          
        Boa noite! Seja muito bem-vindo a mais uma cobertura em tempo real de oGol nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Por aqui, a bola rola às 21h30 no gramado do Maracanã para o clássico entre Brasil x Argentina. Venha com a gente!

        ESTATÍSTICAS PARTIDA

        Chutes
        8
         
         
        8
        Posse de Bola
        50 %
         
         
        50 %
        Faltas
        26
         
         
        16
        Total Passes
        401
         
         
        426
        Chutes bloqueados
        3
         
         
        4
        Passes Certos
        353
         
         
        367
        Escanteios
        4
         
         
        3
        Chutes Fora
        1
         
         
        2
        Chutes a gol
        4
         
         
        2
        Defesas
        1
         
         
        3
        Impedimentos
        0
         
         
        1
        Tiros de meta
        3
         
         
        8
        Divididas ganhas
        8
         
         
        20
        Lançamentos
        13
         
         
        18

        CHUTES A GOL/TOTAL

        PASSES CERTOS/TOTAL

        DIVIDIDAS COM SUCESSO/TOTAL

        ROUBOS DE BOLA

        1.
        4
        2.
        Argentina
        Nahuel MolinaArgentina
        3
        3.
        3

        FALTAS COMETIDAS

        FALTAS SOFRIDAS

        Retrospecto
        43
        39% Vitórias
        40
        37% Vitórias
        109
        Jogos oficiais