Siga oGol no Twitter
história
Jogos marcantes

Barcelona 6 x 1 PSG: o dia em que o Barça correu atrás do impossível

Texto por Eduardo Massa
l0
E0
O Barcelona tinha a missão de fazer o que nunca antes havia sido feito na Liga dos Campeões, um feito praticamente impossível, depois de ser goleado por 4 a 0 no jogo de ida contra o Paris Saint-Germain, na França. O Barça desafiou a lógica e, com direito a gol aos 50 do segundo tempo, conseguiu uma virada heróica, por 6 a 1, em reviravolta épica que levou o time adiante naquela edição e ficou marcada na história da Champions.

Naquela noite de 08 de março de 2017, mesmo contra tudo o que se falava, o talento do Barcelona fez o torcedor sonhar, e o time chegou a abrir 3 a 0, aumentando ainda mais as esperanças na classificação para as quartas de final. Um gol de Cavani no segundo tempo praticamente decretou a eliminação do Barça. Mas a equipe comandada por Luis Enrique soube reagir mais uma vez, fez o quarto e o quinto, e encerrou a classificação histórica, épica, com gol no último minuto.

Barça faz dois e sonha

O Barcelona teve o início que sonhava no Camp Nou. Logo com três minutos, em cruzamento da direita de Rafinha, Marquinhos cortou mal, para trás, e Verrati e Trapp se atrapalharam para afastar o perigo. Luis Suárez foi o único a fazer o certo: empurrou de cabeça para o fundo da rede. Começaria ali uma reação incrível.

A estratégia de Unai Emery foi bem diferente da adotada no jogo de ida. O técnico preferiu recuar toda sua equipe, dando espaço para o Barcelona, que normalmente sofre na saída de bola, trabalhar o jogo com liberdade. O resultado foi que o PSG seguiu assistindo o Barça jogar, um risco muito grande contra uma equipe com a qualidade que os donos da casa tinham no ataque.

Aos 39 minutos, no abafa, Marquinhos voltou a falhar e perdeu disputa com Iniesta, que tentou o passe de calcanhar para o centro da área. Kurzawa tentou o corte e marcou contra a própria meta. O Barça foi para o intervalo com metade do serviço feito.

Cavani promete encerrar o sonho catalão

O sonho do Barça no Camp Nou parecia estar desenhado no início do segundo tempo, quando Neymar aproveitou escorregão de Verratti para se atirar em cima do jogador e cavar pênalti. Messi foi para a cobrança e fez o 3 a 0.

O PSG resolveu finalmente sair para o jogo. Cavani acertou a trave no lance seguinte ao gol, com seis minutos. O Barça seguia melhor, porém via sua defesa ser ameaçada, e um gol bastaria para praticamente encerrar qualquer esperança.

Aos 16 minutos, o PSG encaixou a jogada que parecia consolidar a classificação. Após lançamento para a área, Kurzawa venceu no corpo de Rakitic e cabeceou para trás. Cavani pegou de primeira e com muita força para marcar um golaço. Tudo parecia acabado. Mas a Liga dos Campeões veria ser escrito um capítulo histórico dali em diante.

Neymar comanda reação épica no fim

Como não poderia deixar de ser, o gol abalou o Barcelona. Eram precisos mais três gols. Do outro lado, o alívio fez o time parisiense jogar mais leve, com a certeza de vaga garantida nas quartas de final. Mas a paz para o Paris durou pouco, em parte por conta da postura covarde da equipe comandada por Emery, que novamente se fechou na defesa, mas também por créditos de Neymar e da coragem do Barça.

Aos 43 minutos, Neymar cobrou falta com força e precisão. Acertou o ângulo e sem chances de defesa para Trapp. Ainda eram precisos dois gols, mas o Barça ao menos recuperou as forças e a confiança.

Aos 45, Suárez cavou pênalti em dividida com Marquinhos. Neymar cobrou e fez o 5 a 1. O estádio explodia, na expectativa do inimaginável.

O Barcelona foi para o tudo ou nada, com Ter Stegen na área do PSG. Luis Enrique, que falou que seu time poderia fazer seis gols, teve sua fé recompensada no último minuto. Neymar colocou a bola na área e Sergi Roberto se atirou de qualquer jeito para completar para dentro. Um gol que ficou para a história para provar que nada é impossível no futebol. Ainda mais na Liga dos Campeões. 

Um pouco mais tarde, Neymar estaria do outro lado, vestindo a camisa do PSG, mas, com certeza, nunca esqueceu daquela noite de 08 de março de 2017, quando o Barça escreveu uma das histórias mais incríveis da Champions

Fotografias(7)

Julian Draxler, Rafinha
Comentários (0)
Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
jogos históricos
U Quarta, 08 Março 2017 - 16:45
Camp Nou
Deniz Aytekin
6-1
Luis Suárez 3'
Lionel Messi 50' (pen.)
Neymar Jr. 88' 90' (pen.)
Sergi Roberto 90'
Layvin Kurzawa 40' (g.c.)
Edinson Cavani 62'
Estádio
Camp Nou
Camp Nou
Espanha
Barcelona
Lotação99354
Medidas105x68
Ano de Inauguração1957