Siga o instagram do oGol
        1xBet
        VAR é personagem

        Com polêmica do VAR, Bragantino vira sobre o Botafogo, sai do Z4 e complica rival

        2020/11/16 22:16
        Texto por Caio Fiusa
        E0

        Com muita reclamação, interferência do VAR e desespero de ambos os lados, o Red Bull Bragantino derrotou o Botafogo, fora de casa e saiu da zona de rebaixamento do Brasileiro. No duelo válido pela 21ª  rodada, o time paulista superou o rival por 2 a 1. Ytalo e Claudinho marcaram para o Massa Bruta. Matheus Babi descontou para o alvinegro carioca.

        O resultado levou o Red Bull Bragantino aos 23 pontos e ao 15º lugar na tabela. Na próxima rodada, a equipe recebe o Bahia. Já o Botafogo, é o penúltimo colocado, com 20 pontos, mas com um jogo a menos, diante do São Paulo. O time carioca vai encarar o Fortaleza, em casa. 

        Bota sai na frente e Massa Bruta reage rápido

        O torcedor alvinegro estava com a expectativa de ver o time em campo sob novo comando. Desde os primeiros lance no Nilton Santos, o Botafogo demonstrou uma nova postura, sendo mais agressivo e antes do primeiro minuto, Caio Alexandre arriscou de fora da área, mas sem perigo.

        Éber Bessa cobrou escanteio e Marcelo Benevenuto cabeceou forte, mas a bola saiu à direita. Também na bola parada, surgiu uma boa oportunidade. Victor Luís bateu falta no capricho e a bola iria no ângulo, mas Cleiton foi lá em cima e espalmou para escanteio.

        O Red Bull Bragantino assustou quando Artur levantou na cabeça de Ligger, mas o zagueiro mandou de cabeça para fora. Enquanto que os donos da casa chegaram muito quando Honda avançou, foi ao fundo e tocou para trás. Éber Bessa dominou e bateu colocado, rente ao poste.

        Cuello fez boa jogada pela ponta esquerda e colocou na cabeça de Ytalo, porém, o atacante do Massa Bruta não acertou o alvo. Diferente de Babi. O camisa 11 do Glorioso recebeu um lindo cruzamento de Victor Luís e, sozinho, cabeceou no canto, sem chances para Cleiton. 

        Mas a alegria alvinegra durou apenas 30 segundos. Na saída de bola, o Red Bull Bragantino foi para o ataque e Ytalo recebeu, limpou Marcelo Benevenuto e Victor Luís, bateu no cantinho de Cavalieri e empatou o jogo. E a virada quase veio quando Artur invadiu a área e cruzou para Ytalo, mas Marcelo Benevenuto afastou. 

        Muita polêmica com VAR

        O Red Bull Bragantino melhorou na segunda etapa e logo no início, Raul recebeu ótimo passe de Claudinho e finalizou na trave de Cavalieri. O mesmo Claudinho arriscou da entrada da área e, dessa vez, o goleiro alvinegro encaixou com segurança. 

        A trave também ajudou os visitantes. Bruno Nazário aproveitou cruzamento, botou a cabeça na bola, que passou por Cleiton, mas ficou no travessão do Massa Bruta. A chegada de perigo do Botafogo não amenizou o ímpeto do time paulista. Artur finalizou com força e Cavalieri caiu para defender. 

        Aos 30, Artur tentou o cruzamento e a bola bateu no braço de Victor Luís. O árbitro mandou o lance seguir, mas a cabine do VAR chamou. Rodolfo Toski analisou as imagens e nada marcou. Porém, no ataque seguinte do Massa Bruta, Marcelo Benevenuto tentou cortar e a bola bateu na mão de Kanu. Dessa vez, o juiz assinalou a penalidade, mesmo após rever o lance no vídeo. Claudinho bateu com força no meio do gol e virou o jogo.

        O Botafogo foi para o desespero e tentou pressionar o rival no fim. Kalou tabelou com Honda e, ainda que estivesse sem ângulo, finalizou para a defesa de Cleiton, na última oportunidade da partida. Fim de papo e vitória do Red Bull Bragantino. 

        Enquete
        RESULTADO DA VOTAÇÃO
        BOTAFOGO
        EMPATE
        RED BULL BRAGANTINO
        Comentários (0)
        Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
        motivo:
        EAinda não foram registrados comentários…
        jogos em destaque
        U Segunda, 16 Novembro 2020 - 20:00
        Estádio Olímpico Nilton Santos (Engenhão)
        Rodolpho Toski Marques
        1-2
        Matheus Babi 44'
        Ytalo 45'
        Claudinho 86' (pen.)
        VÍDEOS
        Com o confronto realizado nesta segunda-feira, diante do Goiás, Renato Portaluppi chegou à marca de 384 partidas como técnico do Grêmio. Dessa forma, ele superou Oswaldo ...
        ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
        LukyMax_Santiago 01-12-2020, 01:03
        ScPKoHx 30-11-2020, 12:51