Siga o instagram do oGol

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

ChapecoenseBrasil
BrasilAtlético Paranaense
ParanáBrasil
BrasilSão Paulo
BahiaBrasil
BrasilInternacional
Futebol Nacional
Entrevista Ogol
Coelho quer se consolidar no Brasileiro

Após ir do céu ao inferno, João Ricardo tenta ser o equilíbrio do América na Série A

2018/08/10 10:53
Texto por Carlos Ramos
E0

O goleiro João Ricardo já viveu de tudo um pouco no América Mineiro: já foi campeão mineiro e da Série B, assim como desceu de divisão com o clube. Em 2018, o goleiro tenta ser o equilíbrio do time para o Coelho se consolidar no Campeonato Brasileiro. 

Em entrevista para a reportagem de oGol, João Ricardo lembra que o início dele no clube mineiro não foi fácil. Contratado em 2014 para substituir o jovem goleiro Matheus Magalhães, negociado com o Braga, de Portugal, João teve de vencer alguns obstáculos até se firmar no time. 

"Meu início no América foi um pouco difícil, porque cheguei em 2014 com a expectativa de jogar com a venda do Matheus, mas me machuquei com uma ou duas semanas de treino e fiquei 20 dias parado. Nesse período, eles acabaram contratando o Fernando (Leal), que assumiu a titularidade. Só que ele teve a infelicidade de machucar e eu, recuperado da entorse que tive no tornozelo, assumi a titularidade para não sair mais", contou. 

Naquele 2014 mesmo, João Ricardo se firmou como titular. Mas o América acabou não conseguindo o acesso para a Série A, por um ponto. No ano seguinte, sim, o clube subiu, e foi ainda campeão mineiro, com o goleiro em destaque. O céu e o inferno de João no time seguiu nos anos seguintes, com nova queda, seguida de outro acesso. O jogador viveu de tudo um pouco no Independência.

"Já passei por quase tudo que se pode passar no futebol. Quedas, acessos, conquistas pessoais, coletivas. Os melhores momentos foram nos acessos, título mineiro... A Série B do ano passado foi um dos melhores momentos. Foi um ano muito vitorioso, de muitas alegrias. De pior a queda em 2016. A gente não conseguiu o nosso objetivo principal, que era a permanência, e a gente acabou sofrendo muito aquele ano. Não fizemos uma campanha agradável. Foi um dos piores momentos aqui", analisa. 

Agora, o jogador quer ser o equilíbrio de um time que tenta se consolidar na Série A. Nos últimos três jogos, o Coelho conseguiu sete pontos, e contra grandes rivais (Santos, Inter e Palmeiras). João Ricardo foi destaque, defendendo ainda um pênalti na última partida, contra o Palmeiras. 

"Os últimos três jogos foram muito difíceis. Três equipes com bom elenco, plantel, e nós, desacreditados, conseguimos duas vitórias e um empate. Ninguém cravava que a gente ia fazer sete pontos nesses jogos. Estou feliz pela fase do clube, pela sequência pessoal. Sofri com lesões esse ano e agora estou conseguindo uma sequência. Tem que agradecer a Deus, a todo mundo que me deu suporte para eu voltar bem, confiante. Feliz em ter voltado bem, defendido o pênalti contra o Palmeiras, que era uma coisa que eu estava me cobrando muito. Agradeço ao empenho de toda a equipe, que me apoiou para eu dar essa volta por cima", afirma. 

O jogador acredita que a boa sequência, que levou o time para o meio da tabela, pode fazer o torcedor sonhar além da permanência. Mas o grupo segue ciente de que o principal objetivo é manter o América na primeira divisão. 

"Por mais que o América não tenha o mesmo investimento dos outros clubes, a gente acredita, sim. Nosso objetivo principal é a permanência, mas por que não sonhar mais alto? A gente já mostrou que, por mais que não tenhamos tanto investimento, já conseguimos, com diretoria e comissão, formar um elenco forte, que vem dando resultado. Tanto que estamos no meio da tabela. É cedo ainda em falar em Sul-Americana, objetivos maiores, mas pensamos, sim. Mas o principal para o América hoje é a permanência. Trabalhamos duro para isso". 

Com 194 jogos oficiais pelo Coelho (clique aqui e confira a lista), João Ricardo quer fazer história no clube. Se hoje é titular em um time que luta para seguir na elite, o goleiro almeja ajudar o América a ser maior. 

"Meu objetivo principal no América é conquistar títulos, engrandecer esse clube ainda mais. Honrar essa camisa que visto. Sou um cara que me sinto muito feliz aqui, já cansei de falar para todo mundo. Lógico que queremos crescer na nossa carreira também, mas meu objetivo é conquistar títulos e dar muita alegria ao torcedor do América". 

Brasil
João Ricardo
NomeJoão Ricardo Riedi
Data de Nascimento1988-09-06(29 anos)
Nacionalidade
Brasil
Brasil
PosiçãoGoleiro
Fotografias(4)
Comentários (0)
Tenha em atenção as Regras de Conduta antes de escrever o seu comentário. Se não as conhece poderá ser uma boa oportunidade para o fazer aqui.
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
Links Relacionados
APOSTAS EM DESTAQUE
1Escolha quanto quer apostar
Aposto
R$
2Escolha suas apostas
Libertadores
Peixe decide lugar nas quartas em casa
Mesmo tendo que jogar com um a menos em parte do segundo tempo, o Santos conseguiu segurar o 0 a 0 contra o Independiente, na Argentina, no jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
TricolorChato 22-08-2018, 01:36
CRUZPH 21-08-2018, 23:15
ProfetadaColina 21-08-2018, 22:54
ProfetadaColina 21-08-2018, 22:53
ProfetadaColina 21-08-2018, 22:52