Siga oGol no Twitter

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

River PlateArgentina
EquadorEmelec
CruzeiroBrasil
ChileUniversidad de Chile
MarseilleFrança
ÁustriaRed Bull Salzburg
Brasileirão
Furacão estreia com goleada

Chape sai na frente, mas Atlético Paranaense vira e atropela no fim

2018/04/15 20:57
Texto por ogol.com.br
E0
© Miguel Locatelli/CAP

A Chapecoense até conseguiu sair na frente na Arena da Baixada, mas o Atlético Paranaense manteve a paciência no toque de bola, conseguiu a virada e ainda acabou goleando, por 5 a 1. 

O time de Fernando Diniz dominou o rival o duelo inteiro. No primeiro tempo, não conseguiu o gol e ainda sofreu, no início da segunda etapa, um revés com um tento de Wellington Paulista. Mas os paranaenses mantiveram a filosofia de Diniz, controlaram o rival e, no fim, acabaram goleando, usando bem os contra-ataques. 

Atlético domina a bola

Uma coisa ficou clara desde o início de jogo: a diferença entre os estilos das duas equipes. O Atlético Paranaense valorizava a posse de bola, enquanto a Chapecoense, mais fechada, buscava fazer jogadas mais rápidas e objetivas. 

Por coincidência, a primeira grande chance do Furacão foi na bola parada, e não através da troca de passes. Carleto cobrou falta forte, com curva, e Jandrei soltou, mas Nikão não conseguiu aproveitar o rebote. 

Apesar de encarar um rival bem fechado, o Rubro-Negro manteve a paciência de trabalhar bem a bola para criar chances. Ribamar teve a primeira chance com bola rolando aos 21, mas não pegou bem na bola. Pouco depois, após jogada que saiu da esquerda para a direita, Ribamar tentou completar na área e Pablo, na sobra, mandou para fora. 

Apesar de um susto ou outro, os paranaenses seguiram controlando o jogo. Ribamar, aos 31, teve chance clara na área após cruzamento da canhota, mas mandou para fora. 

Ribamar, minutos depois, recebeu na área e mandou para Nikão, no meio, concluir o lance. Mostrando reflexo, Jandrei fez a defesa e evitou o gol. 

Paciência leva à goleada

O Verdão do Oeste castigou as chances perdidas pelo adversário logo no início do segundo tempo. Canteros cobrou falta na área e Wellington Paulista se antecipou a Santos para marcar. 

Só que a resposta paranaense não demorou muito. Carleto cruzou da canhota e Pablo apareceu na área para, de cabeça, deixar tudo igual. 

Com o controle do jogo, o Atlético manteve a tranquilidade para tocar a bola. A superioridade, enfim, foi transformada em vantagem no marcador com um chutaço de Nikão de fora, que Jandrei não conseguiu defender. Foi a virada. 

A Chape até tentou apertar para buscar o empate, mas, após um contragolpe, o Rubro-Negro conseguiu uma falta perigosa. Carleto cobrou bem, com força e no canto, e abriu 3 a 1. 

Os catarinenses até seguiram assustando nas bolas cruzadas, mas, nos últimos minutos, o Furacão conseguiu bons contra-ataques para acabar goleando. 

O quarto gol foi de Matheus Rossetto, após cruzamento de Jonathan da direita. O quinto, de Ederson, após contragolpe veloz que acabou nas redes. O jogo difícil acabou em goleada por 5 a 1. 

Enquete
RESULTADO DA VOTAÇÃO
ATLÉTICO PARANAENSE
EMPATE
CHAPECOENSE
Comentários (0)
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
jogos em destaque
U Domingo, 15 Abril 2018 - 19:00
Joaquim Américo Guimarães (Arena da Baixada)
Dewson Fernando Silva
5-1
Pablo 52'
Nikão 58'
Thiago Carleto 68'
Matheus Rossetto 88'
Éderson 90'
Wellington Paulista 48'
APOSTAS EM DESTAQUE
1Escolha quanto quer apostar
Aposto
R$
2Escolha suas apostas
Libertadores
Rubro-Negro lidera grupo na Liberta
Um jogo sonolento entre Santa Fe e Flamengo, na Colômbia, acabou em um 0 a 0 que, em termos de tabela, pode até ser bom para a equipe carioca. 
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
rafadalforno 26-04-2018, 01:25
BBBBCIMP 25-04-2018, 23:56
BBBBCIMP 25-04-2018, 23:48
Creed93 25-04-2018, 21:24
Creed93 25-04-2018, 21:21