Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

Brasileirão
Cruz-Maltino esteve mais próximo da vitória

Em jogo sem público, Vasco e Santos empatam sem gols no Engenhão

2017/07/16 17:57
Texto por ogol.com.br
E0
© Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Diante de arquibancadas vazias no Nilton Santos, devido a punição imposta pela confusão em São Januário, Vasco e Santos ficaram em um empate sem gols em partida que o Cruz-Maltino se mostrou melhor e esteve mais próximo da vitória. 

O Gigante da Colina se manteve em oitavo lugar no Campeonato Brasileiro, com 20 pontos, mas pode perder a colocação no decorrer da rodada. O Peixe segue em terceiro, com 24. 

Jogo demora a engrenar em clima de enterro

O início do jogo foi tão deprimente quanto o clima no estádio. Sem torcida, um silêncio total nas arquibancadas. Em campo, a frieza de duas equipes tocando bola de um lado para o outro. 

Passaram-se dez minutos e nada acontecia. O primeiro arremate veio pouco depois disso, mas não levou perigo algum: Yago Pikachu mandou longe do gol. 

A segunda tentativa vascaína levou mais perigo. Nenê recebeu de Pikachu em escanteio curto e aproveitou que a defesa do rival estava desatenta para cruzar com liberdade. Rafael Marques apareceu na área e mandou de cabeça perto do gol. 

O Vasco passava mais tempo no campo de ataque e, normalmente, quem chamava a responsabilidade era Nenê. O camisa 10 recebia muitas faltas. 

Após uma delas, Yago Pikachu foi para cobrança e mandou por cima da barreira. A bola triscou no travessão antes de sair. Foi o lance mais bonito do primeiro tempo. 

A principal chance santista esteve nos pés, ou melhor, na cabeça de Bruno Henrique. Após levantamento na área, a bola acabou sobrando para o atacante, que encobriu Martín Silva, mas também o gol. 

Vasco é melhor, mas não chega ao gol

O Vasco conseguiu a primeira boa jogada do segundo tempo pelo lado que lhe rendeu boas coisas no primeiro: o esquerdo. Ramon tabelou com Nenê e cruzou para Thalles, que mandou para fora de cabeça. O atacante voltou a ganhar no alto pouco depois, após cruzamento de Madson, e mandou também para fora. 

Thalles tentou também de fora da área. De muito longe, soltou um foguete. João Paulo defendeu como pôde, e a bola sobrou para Madson na área. O lateral mandou no lado de fora da rede. 

O Cruz-Maltino fazia um bom segundo tempo. Não deixava o rival jogar e criava boas chances. Nenê foi outro a dar trabalho para João Paulo em forte chute na área. 

A situação para o Peixe ficou ainda mais difícil quando, faltando cerca de dez minutos para acabar o jogo, Daniel Guedes foi expulso. A pressão vascaína seguiu e Nenê quase marcou em arremate de fora, parando em outra boa defesa de João Paulo. 

Paulo Vitor ainda entrou no lugar de Nenê para uma pressão final nos últimos minutos, mas o Alvinegro Praiano soube bem segurar o empate, mesmo com um a menos. 

Enquete
RESULTADO DA VOTAÇÃO
VASCO
EMPATE
SANTOS
Comentários (0)
motivo:
EAinda não foram registrados comentários…
jogos em destaque
U Domingo, 16 Julho 2017 - 16:00
Estádio Olímpico Nilton Santos (Engenhão)
Dewson Fernando Silva
0-0
Links Relacionados
Série C
Entrevista Ogol
Goleiro atualmente defende o Joinville
Aos 36 anos, o goleiro Lauro ainda sonha em disputar um Campeonato Brasileiro. Recentemente contratado pelo Joinville para a disputa da Série C, o jogador conversou com a reportagem ...
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
BBBBCIMP 21-07-2017, 22:41
BBBBCIMP 21-07-2017, 22:27
BBBBCIMP 20-07-2017, 22:19
BBBBCIMP 20-07-2017, 22:15